Uma rota romântica para suas férias de julho serem inesquecíveis

Salvar nos favoritos
Restaurante Preta. Ilha dos Frades, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Um itinerário cheio de cultura, gastronomia e uma ilha paradisíaca para curtir Salvador em 3 dias com seu amor

Férias de julho e você e seu amor decidiram passear pela capital baiana. O Visit Salvador da Bahia preparou alguns roteiros cheios de dicas para turistas que vêm passar 3 dias na cidade. Tem sugestões de passeios culturais, pontos turísticos, restaurantes, entretenimento, passeios ao ar livre e praias para quem quer viver experiências durante o dia todo.

Este roteiro é para um casal que ama “turistar” juntinho, e celebrar o amor a qualquer dia. Na lista, tem passeios culturais, almoços e jantares românticos, badalação e ainda um dia pelo mar da Bahia, em um passeio de barco pela Baía de Todos-os-Santos. Ai, quanto amôôôô!!! Cola com a gente…

Primeiro dia

Manhã

Sonho de muitos casais apaixonados, ir para uma ilha deserta é sim uma opção de rota turística em Salvador. Na verdade, não é lá muito deserta (risos), mas é paradisíaca. A capital baiana tem três ilhas: Maré, Frades e Bom Jesus dos Passos, que estão no subúrbio da cidade e são conhecidas por suas praias de areia fininha, águas cristalinas e belas paisagens. Ilha de Itaparica (Itaparica) fica em outro município, assim como Morro de São Paulo (Cairu).

O jeito mais prático de chegar às ilhas é por meio dos passeios de catamarã organizados por diversas agências de turismo de Salvador. Uma forma mais intimista é alugar um barco e fazer um passeio náutico privativo. Assim, você tem oportunidade de montar um roteiro personalizado, sem depender de outros grupos de pessoas. Saiba mais neste link.

Então, para este dia romântico, seu programa começa pela Baía de Todos-os-Santos. O casal pode parar para um mergulho na Praia de Viração, uma enseada localizada na parte central da Ilha dos Frades, e dali seguir para a Praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, que fica bem pertinho. Chegando lá, após desembarcarem no terminal, subam até o mirante para conhecerem a igrejinha e admirarem a bela vista. Esta é uma das cinco praias brasileiras com o certificado internacional Bandeira Azul, um símbolo de preservação. Saiba mais neste link.

Tarde

Quando terminarem o passeio pela linda orla da praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, o almoço será no restaurante Preta ou no Taperia Asador. No Preta, vocês vão fazer uma verdadeira viagem sensorial através das cores e texturas da decoração, da música e dos sabores. No menu, os pratos são praianos, daqueles que você tem vontade de comer quando está à beira-mar. O mais pedido é o peixe vermelho inteiro, assado com molho de manteiga e limão siciliano, ao forno, com banana da terra, palmito pupunha e farofa de requeijão.

O Taperia Asador é dos mesmos donos do La Taperia, no Rio Vermelho, conhecido pelos vinhos espanhóis e as famosas tapas. Já na unidade da ilha, o cardápio tem os pratos tradicionais na culinária espanhola, que ganharam releitura e são servidos assados. Além disso, são usadas carnes black angus (cortes diferentes), leitão e cordeiros de leite. Importante: as reservas devem ser feitas pelo número (71) 99929-7070.

Depois de se despedirem de Guadalupe, passem de barco por Loreto, também na Ilha dos Frades. Além das mil fotos em frente à linda igrejinha à beira-mar, o casal ainda pega um pôr do sol inesquecível do mar, enquanto retornam à cidade.

Noite

Para a noite, temos duas ótimas dicas: um drink no bar secreto The Latvian e um jantar no Marcelleria Quitéria, no Bahia Marina, na Avenida Lafayete Coutinho. O restaurante Macelleria Quitéria, no Bahia Marina, é inspirado nos açougues italianos. O espaço é especializado em cortes nobres e carnes especiais. A casa tem este nome em homenagem à heroína baiana Maria Quitéria. O The Latvian é uma espécie de ”bar secreto”, inaugurado na Bahia Marina. O estabelecimento fica dentro do Macelleria Quitéria. O conceito de speakeasy é uma experiência única, com um menu exclusivo, fumoir, cocktails desenvolvidos por mixologistas exclusivos e uma das maiores adegas da cidade.

Vale ficar de olho na agenda do Jam no MAM, pois, caso esteja rolando, é um evento imperdível, e fica ali pertinho, no Solar do Unhão, no pátio do Museu de Arte Moderna da Bahia. As apresentações mesclam Standards do jazz a seu repertório autoral e às muitas referências rítmicas da cultura baiana. O resultado é a criação de um jazz ao estilo JAM no MAM, onde a força percussiva da cultura local induz um “sotaque baiano” nas interpretações de cada música.

Mas, se a proposta for um jantar intimista, o destino é o Andina cozinha Latina, restaurante localizado em uma casinha no bairro da Graça, em Salvador. O cardápio é inspirado na diversidade cultural e gastronômica que pode ser encontrada ao percorrer a extensão da Cordilheira dos Andes, e traz pratos de assinatura preparados com os ingredientes típicos da cultura latino-americana.

Segundo dia

Manhã

O dia começa na Casa do Rio Vermelho, última residência onde viveram os escritores Jorge Amado e sua companheira Zélia Gattai. Este equipamento cultural de Salvador é um memorial riquíssimo sobre a vida e a obra desse admirável casal, que levou a literatura da Bahia para o mundo.

Os ambientes mantêm as características originais do imóvel e cada sala possui projeções com diferentes assuntos sobre a vida dos artistas. O memorial oferece aos visitantes mais de 30 horas de vídeos, projeções e áudios sobre a vida e obra do casal. A casa já é uma referência turística, realizando os desejos do escritor de que se transformasse num centro vivo e atuante.

Tarde

O passeio romântico-cultural passa pela Galeria Alban, em Ondina, e depois segue para a Galeria Paulo Darzé, no bairro da Vitória. Ambas têm um acervo riquíssimo, aberto ao público, além de exposições renomadas.

O almoço hoje pode ser um pouquinho mais tarde e a sugestão é o LarriBistrô, na Ladeira da Barra. Assim como nos tradicionais bistrôs franceses, a proposta do Larribistrô é reunir, no mesmo local, um café, um bar e uma cozinha autêntica de memória, explorando um cardápio democrático. Algumas das criações imperdíveis da casa são o Ceviche de Caju com Camarão e a trouxinha de carpaccio.

Noite

Para a noite, que tal um lugar com boa música, belisquetes e bons drinks? O Entre folhas e Ervas, na Lapinha, tem programação musical ao vivo com frequência. Outra ótima opção é o Virtuoso Vinho, na Graça. O local promove um evento chamado Janela Virtuosa, com encontros de chefs, vinhos naturais e tem sempre boa música e pessoas legais. Fiquem de olho na agenda.

A dica gastronômica desta noite também pode ficar por conta do La Botttega Bar, que funciona na Villa San Luigi, na Pituba. O bar ocupa o terraço da vila de inspiração italiana. O local é especializado em vinhos e drinks, acompanhados de tapas italianas. Nossa sugestão é a carne cruda con le mani, uma versão italiana do steak tartare, com aioli de ervas em massa fina e crocante de pastel. E, para beber, o drink Barcelona, feito com gin, infusão de hibisco, limão e sálvia.

Terceiro dia

Manhã

Para fechar a rota romântica destas férias, não poderia faltar um passeio pelo Centro Histórico de Salvador. Comecem pelo comércio, na Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Este é o templo da Padroeira da Bahia, com festa popular celebrada em 8 de dezembro, sendo a festa religiosa mais antiga do Brasil. Um dos pontos altos da visitação é observar a beleza do chão, que é todo de encaixe em pedra lioz e mármore carrara, uma das maravilhas do local. Outra, é visitar a “igreja primitiva”, onde a igreja “começou”. O ambiente foi mantido em ruínas e é cheio de velas. Ali do lado, tem uma janela de onde dá para ver a escada que foi a primeira ligação entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta.

Depois, vocês vão subir pelo Elevador Lacerda e caminhar pelo Pelourinho e suas casas coloniais coloridas. Não deixem de visitar a Galeria Apoena. Se no térreo o principal são as artes sacras, no primeiro andar, a galeria é toda tomada por arte indígena de várias partes do país. Valem as comprinhas, a visita e as fotinhas!

Ali pertinho, está a Igreja e Convento de São Francisco, conhecida como a “Igreja de ouro”. Para refrescar, façam uma “parada técnica” na Le Glacier Laporte e tomem sorvetes artesanais com toque francês, no coração do Pelourinho. Tem os queridinhos clássicos, como o de chocolate, mas também os mais inusitados, como o Oriental, inspirado em um cuscuz marroquino, e o Martinique, feito com casca de laranja, rum e pedaços de chocolate amargo.

Tarde

Agora, vocês vão conhecer o restaurante Di Janela by Nara Amaral, que fica no bairro da Saúde, Centro Histórico de Salvador, um bairro que muita gente não conhece, ou não conhecia antes de ir ao restaurante. O cardápio é voltado para os frutos do mar. O ponto do polvo é muito elogiado, e o carro chefe é a chapa de frutos do mar, que leva legumes, cogumelos, camarão, polvo, lula e lagosta. E prepare-se para a sua mais nova “bebida predileta”: roska com picolé de fruta.

Noite

A noite do casal vai ser no Rio Vermelho. Os drinks e petiscos ficam por conta do Boteco da Tetê, na Casa Bohemia Salvador. A primeira cervejaria do Brasil acaba de lançar, na capital baiana, a Casa Bohemia, no Rio Vermelho, sob o comando da renomada chef Tereza Paim. O espaço ainda está em soft open e com limitação de público. O cardápio é bem de boteco, trazendo comidinhas da Bahia e do mundo, como bolinho de feijoada, panelinha de camarão e pastel aberto de bobó de camarão com molhinho de moqueca.

Depois, pertinho dali, está o Bar do Terraço do Colaborae, que sempre tem uma boa programação musical. Na mesma calçada, tem também a Casa da Mãe, sempre com samba da melhor qualidade.

Serviço:

Bandeira Azul
Restaurante Preta
Taperia Asador
Praia de Loreto
Restaurante Macelleria Quitéria
The Latvian
Solar do Unhão, no pátio do Museu de Arte Moderna da Bahia
JAM no MAM
Andina cozinha Latina
Casa do Rio Vermelho
Galeria Alban
Galeria Paulo Darzé
LarriBistrô
Entre folhas e Ervas
Virtuoso Vinho
La Botttega Bar
Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia
Elevador Lacerda
Galeria Apoena
Igreja e Convento de São Francisco
Le Glacier Laporte
Restaurante Di Janela by Nara Amaral
Boteco da Tetê, na Casa Bohemia Salvador
Bar do Terraço do Colaborae
Casa da Mãe


Sorveteria e Lanchonete Le Glacier Laporte. Pelourinho, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira .

1
2
3
4
4
Duração aproximada
2 horas - 4 horas
Seu bolso

Outros Roteiros

Ver Agenda completa
03dez
04dez
05dez
06dez
07dez
08dez
09dez
10dez

Nosso blog

Blog
Natal Salvador 2022. Praça do Campo Grande. Lucas Moura Secom.

Natal Salvador 2022. Praça do Campo Grande. Lucas Moura Secom.

Farol da Barra. Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Farol da Barra. Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Velho Espanha, um bar metalinguístico: Localizado no Centro, falando do Centro. Fotos: Amanda Nascto /Assessoria.

Velho Espanha, um bar metalinguístico: Localizado no Centro, falando do Centro. Fotos: Amanda Nascto /Assessoria.

Centro de Convenções de Salvador. Bahia. Foto divulgação.

Centro de Convenções de Salvador. Bahia. Foto divulgação.