Casa do Rio Vermelho

Salvar nos favoritos

A casa onde morou Jorge Amado e Zélia Gattai é um encanto

Arquitetura acolhedora e um jardim sensorial, numa casa que permanece epicentro cultural

“A Casa do Rio Vermelho”, última residência do escritor Jorge Amado e sua companheira Zélia Gattai, é um memorial riquíssimo sobre a vida e a obra desse admirável casal. A casa, comprada em 1960 com o dinheiro da venda dos direitos do livro “Gabriela, Cravo e Canela”, logo se tornou um ponto de encontro de artistas, intelectuais e ativistas políticos. Passaram por lá nada menos do que Glauber Rocha, Pablo Neruda, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Sartre e Simone de Beauvoir, isso só para citar alguns.

Foi lá também que Jorge Amado escreveu diversos livros, entre eles “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “Quincas Berro D’Água” e que Zélia escreveu “Casa do Rio Vermelho”, que conta a história do casal quando viveu ali.

Os ambientes mantêm as características originais do imóvel e cada sala possui projeções com diferentes assuntos sobre a vida dos artistas. São mais de 30 horas de vídeos e projeções. Ou seja, é impossível conhecer toda a história do imóvel e do casal de escritores em apenas uma visita. A casa já é uma referência turística, preenchendo os desejos do escritor de que se transformasse num centro vivo e atuante. Vida longa!

Serviço

Memorial A Casa do Rio Vermelho
Data: de terça a domingo, das 10h às 17h.
Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia).
Importante: não funciona nos dias 24, 25 e 31/12, nem no dia 10 de janeiro. Também não abre na semana do Carnaval.
Contato: (71) 3333-1919.
Acessibilidade: acesso somente com escada. Não há rampa para cadeirante.

Fotos: Fábio Marconi

Preparamos uma lista com músicas perfeitas para esta experiência. Ouça agora!

Casa do Rio Vermelho. Foto: Fábio Marconi

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
12
Seu bolso
Localização
Rua Alagoinhas, 33, Rio Vermelho, Salvador

Outras experiências

Agenda

16
out
18
out
19
out
20
out
21
out
22
out
23
out
Ver mais em Agenda