De volta ao Centro Histórico

Salvar nos favoritos

Uma lista com 10 lugares clássicos para você viver e reviver experiências inesquecíveis

Igreja de São Francisco, Pelourinho. Foto: Fábio Marconi

Cidade ensolarada e musical, de rica gastronomia, belezas naturais, vida cultural pulsante e gente festeira. A capital baiana é destino de viagem para pessoas do Brasil e do mundo o ano todo, ávidos para conhecer e sentir a energia que emana daqui. Mesmo para quem já conhece, existe um desejo constante de voltar para Salvador, reviver experiências e acabar com a saudade da terrinha.

O Visit Salvador da Bahia reuniu aqui os passeios mais tradicionais na cidade. Desta vez, vamos de volta ao Centro Histórico para matar a saudade, ver locais por um outro ângulo e conhecer algumas belas histórias. Vamos nessa!

Este famoso conjunto arquitetônico colonial barroco brasileiro, o Pelourinho, tem tantas surpresas, que seriam necessários dias e dias de visita para conhecer tudo.

1. Terra musical

Salvador é a cidade da música, terra de grandes artistas conhecidos mundialmente, nascedouro de grandes movimentos artísticos. O Pelourinho respira música. Lá, é a casa de um dos maiores grupos afro da cidade, o Olodum, que está constantemente se apresentando pelas suas ruas enladeiradas, ou em frente à Fundação Casa de Jorge Amado, no Largo do Pelourinho.

A Banda Feminina Didá também tem sua sede no Pelô, onde realiza oficinas e apresentações. As lojas de grupos como Ilê Aiyê e Malê Debalê ficam na Rua da Laranjeiras, onde se pode comprar camisetas e outros itens, além de conhecer um pouquinho de suas histórias. O grupo Olodum também tem produtos à venda na Casa do Olodum, na rua Maciel de Baixo.

2. We are Carnaval! We are folia!

Para matar a saudade de duas coisas, a rua e o carnaval, coloque na sua lista de desejos uma visita à Casa do Carnaval, um museu permanente que conta a história da folia baiana. Em quatro pavimentos, é possível fazer uma viagem visual e sensorial, com diversos recortes temáticos da festa, relembrando transformações sociais e da formação da identidade baiana. Saiba mais neste link

Casa do Carnaval

Praça Ramos de Queirós, s/n – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-055.
Funcionamento: ter a dom – 10h às 18h.

3. Bar do Cravinho

Não deve ter nenhuma celebração no Pelourinho em que o Cravinho não esteja presente. Marca registrada das festas de largo, o cravo e a canela trazem um gosto e aroma bastante encorpados que, misturados com o álcool, formam uma infusão curiosa. Saiba mais neste link.

Bar O Cravinho

Está situado no Terreiro de Jesus, Pelourinho, Nº 3, próximo à Catedral Basílica, no Centro Histórico de Salvador.
Telefone: (71) 3322-6759 / 99314.6022
Cultura e fé

4. Igreja Nossa Senhora Rosário dos Pretos

Esta é uma Igreja peculiar, que mistura Religião Católica com atabaques do Candomblé. O livro Irmandade do Rosário dos Pretos – Quatro séculos de devoção, explica a união dos ritos e práticas católicas a uma experiência sagrada africana. A organização de africanos em torno do culto e adoração à Nossa Senhora do Rosário, desde a sua elevação à categoria de Ordem Terceira, permitiu a incorporação da devoção a outros santos de tradição afro-católica. Entre eles: Santo Antônio de Categeró, Santa Ifigênia, Santo Elesbão, São Benedito, Santa Bárbara, Santa Josefina Bakhita (canonizada pelo Papa João Paulo II no ano 2000) e até a escrava Anastácia, ainda sem reconhecimento na hierarquia católica, mas de forte valor para a religiosidade afro-brasileira. Saiba mais neste link.

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Largo do Pelourinho, Centro Histórico.
Contato: (71) 3421-5781.

5. Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

Dizem que essa era a igreja preferida de Jorge Amado. E não era para menos. Erguida entre os séculos XVII e XVIII, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco possui fachada em pedra arenito lavada e decorada em altos-relevos, e é o único exemplar no Brasil que remete ao barroco espanhol. O projeto é de Gabriel Ribeiro, considerado um dos introdutores do barroco no Brasil. O local também abriga o único conjunto de azulejaria portuguesa que representa a cidade de Lisboa, em Portugal, antes do terremoto de 1755. Saiba mais neste link.

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, S/N – Pelourinho
Telefone: 71 3321-6968 ou (71) 9 9999-5576
Visitação: Igreja e Museu de Arte Sacra, de seg a sáb, das 9h às 12h e 13h às 17h. Dom, das 10h às 15h / R$5,00

6. Igreja e Convento de São Francisco

Erguidos entre os séculos XVII e XVIII, a Igreja e o Convento de São Francisco são classificados como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo e tombados pelo IPHAN. Essa Igreja também é conhecida como a Igreja de Ouro, sendo dourados as paredes, colunas, teto e altares, um dos monumentos barrocos mais famosos do mundo. Além do ouro bordando todo o templo, ainda existem admiráveis trabalhos de escultura em jacarandá. Saiba mais neste link.

Igreja e Convento de São Francisco

Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, S/N – Pelourinho
Telefone: 71 3322-6430
Visitação: seg, qua, qui, sex e sáb, das 9 às 17h30. Ter, das 9 às 17h. Dom, das 10h às 15h / Entrada: R$5,00.
Essas e outras igrejas estão na websérie Caminhos de Fé. O projeto consiste em uma série de três episódios trazendo roteiros imersivos que mostram igrejas, santuários, museus e templos católicos em Salvador. Saiba mais neste link.

Caminhos de Fé (Caminos de Fe)

7. Vontade de fazer aquela foto clássica

Não existe passeio pelo Pelourinho sem a foto clássica em frente ao grande casarão azul, no Largo do Pelourinho, local este que sempre esteve presente também na vida e obra do escritor Jorge Amado. Esta é a Fundação Casa de Jorge Amado, uma organização sem fins lucrativos, que tem como objetivo preservar, pesquisar e divulgar os acervos bibliográficos e artísticos de Jorge Amado e da arte e literatura da Bahia. A Casa promove debates permanentes sobre a cultura baiana, sobretudo a luta pela superação das discriminações raciais e socioeconômicas. Saiba mais neste link

Fundação Casa de Jorge Amado

Funcionamento: ficou fechada durante a pandemia. Previsão de reabertura em novembro de 2021.
Ligue antes de fazer a visita: (71) 3321-0070 / (71) 3321-0122

8. Dendê no sangue

No meio do rolê, bateu aquela fome. Que sorte a nossa que o Pelourinho tem ótimas opções para todos os lados. Se dendê é o que você procura, no Pelourinho tem moquecas famosas.
O restaurante Odoyá, localizado no Largo de São Francisco, é parada obrigatória para quem passeia pelo Centro Histórico. Outra opção no Pelourinho é o restaurante Sorriso da Dadá, comandado por Dadá, uma das cozinheiras mais famosas quando o assunto é comida baiana.

Serviço
Restaurante Odoyá
Instagram: @odoyarestaurante
Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, 1 – Pelourinho, Salvador – BA, 40020-280.
Telefone: (71) 3322-7892

Restaurante Sorriso da Dadá
Instagram: @sorriso_dada
Endereço: Rua Frei Vicente, 05 – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-030
Telefone: (71) 3321-5819

Conheça outros bares e restaurantes neste link.

10 bares e restaurantes no Pelourinho

9. Dois Museus imperdíveis

Dentre os museus mais tradicionais do Centro Histórico, estão o Palácio da Sé e a Casa do Benin e o Museu da Gastronomia. Juntos, eles contam pontos importantes da nossa história.
O Palácio Arquiepiscopal, foi fundado em 1715, pelo 5° arcebispo de São Salvador, Dom Sebastião Monteiro da Vide. Foi construído para ser residência de bispos e arcebispos. Hoje, nomeado como Centro Cultural Palácio da Sé, é um centro de referência da história da Igreja Católica no Brasil, com o acervo da Arquidiocese de Salvador, além de um espaço para exposições temporárias e também para eventos e cerimônias. Saiba mais neste link.

Centro Cultural Palácio da Sé

Endereço: Praça da Sé, 203-47 – Centro Histórico
Telefone: 71 3838-9987
Visitação: seg a sab – 10h às 17h.

No coração do Centro Histórico, a Casa do Benin representa um pedaço da África, onde o intercâmbio de culturas de lá pra cá e daqui pra lá se cria. O Espaço Cultural possui importante acervo artístico e cultural afro-brasileiro e é mantido pela Fundação Gregório de Mattos para valorização das relações culturais afro-brasileiras.

A Casa tem um acervo composto por cerca de 200 peças originárias do Golfo do Benin, colecionadas pelo fotógrafo francês Pierre Verger ao longo de suas viagens realizadas à África, para estudar os fluxos e refluxos entre África e Bahia.

Baixa dos Sapateiros, 7 – Pelourinho, Salvador-BA, 40025-005
Horário de funcionamento: terça a sábado, das 9h às 17h.
A entrada é gratuita
Telefone: (71) 3202-7890

10. Um sorvete ao pôr do sol

Lá de cima do Elevador Lacerda, tem-se uma vista exuberante da Baía de Todos-os-Santos, perfeito para um pôr do sol. É possível ver o Forte São Marcelo, o Terminal Turístico Náutico, o Mercado Modelo e a novíssima Cidade da Música da Bahia. Complete o dia tomando um maltado de coco ou um sorvete de pitanga da sorveteria A Cubana. Esse é o fim de tarde perfeito depois de passear o dia inteiro.

A Cubana Sorvetes

Saiba mais sobre o Elevador Lacerda neste link.

Elevador Lacerda

Ingresso: R$ 0,15 centavos cada viagem no elevador.
Horário de funcionamento: Segunda a sexta das 7h às 22h. Sábados, domingos e feriados das 7h às 19h.
Local: da Cidade Baixa – Praça Visconde de Cayru, Comércio. Da Cidade alta – Praça Municipal (Praça Tomé de Souza s/n Centro Salvador -BA 40020-000), Centro Histórico, Salvador

Descubra onde estacionar no Centro Histórico

Dentro do Pelourinho ou em suas imediações, veja onde encontrar vagas com segurança. Saiba mais neste link.

Parada en Pelô

Atenção:

Já pode ir para a rua, mas os protocolos de segurança contra COVID-19 devem ser mantidos

A capital baiana está na fase verde do “Plano Salvador” de retomada das atividades econômicas. Lembre-se que ao fazer qualquer passeio, o uso da máscara de proteção facial e do álcool 70º ainda são necessários para evitar a contaminação por Covid-19. Só pode tirar a máscara na hora de comer ou beber. Se for circular no bar, restaurante, museu, etc, use a máscara.



Experiências em Salvador

Agenda

27
nov
28
nov
29
nov
30
nov
01
dez
02
dez
03
dez
04
dez
Ver mais em Agenda