Um roteiro de ciclovias para curtir Salvador

Salvar nos favoritos
Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Passeio perfeito para liberar a endorfina e conhecer a cidade pedalando

Novo Normal. Passeio de bicicleta na orla nova de Ondina. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

O uso da bicicleta como meio de transporte na cidade, ou só para passeios, aumenta cada vez mais em todo o mundo. A ampliação da malha de ciclovias em Salvador vem contribuindo para o deslocamento das pessoas, a segurança de acesso nas vias, além de promover saúde, mobilidade e socialização da comunidade.

E o estímulo para pedalar aparece por vários motivos. Um deles é a busca por uma maior qualidade de vida, um dos grandes benefícios de andar de bike para qualquer pessoa. Uma boa pedalada também diminui o estresse e a ansiedade, sem contar que é o passeio perfeito para liberar a endorfina e conhecer ainda mais a cidade com um outro olhar.

Porto da Barra ao Rio Vermelho

Mirante da Praia da Paciência. Novo Normal. Rio Vermelho. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Uma excelente opção de passeio é a orla que vai do Porto da Barra até o Rio Vermelho. Alugue uma bicicleta e divirta-se, além de poder ir fazendo lindas fotos. Pare no Farol da Barra, no Morro do Cristo e em Ondina. Nessa última parada, vá ali no Monumento “As Meninas do Brasil”, também conhecidas como “As Gordinhas”, tire uma foto com as três esculturas de bronze da artista plástica Eliana Kértsz. Depois, siga para o Rio Vermelho, pare no mirante e na Casa de Iemanjá.

O Comércio tá lindo

Praça Marechal Deodoro. Comércio. Salvador Bahia. Foto Secom.

Outras ciclovias que valem um confere são as da Cidade Baixa. Começando pelo Comércio, dê um role pela Praça Cairu, do Mercado Modelo, que tá lindona depois da reforma.

Aproveita o role e passeie pela Praça da Inglaterra e dê uma esticada até a Praça Marechal Deodoro, popularmente conhecida como Praça do Ouro ou Praça das Mãozinhas. Tem ciclovia na Avenida Jequitaia, seguindo pela Travessa do Cais do Ouro, até a Rua Torquato Bahia, com boa pavimentação, acessibilidade, estacionamento, pontos de ônibus, mobiliário urbano e paisagismo.

Vale uma parada para uma água de coco e uma foto na frente do Monumento das Nações, mais conhecido como “Monumento das Mãozinhas”, responsável pelo nome popular desta praça.

Orla de Amaralina

Orla de Amaralina. Salvador Bahia. Foto Max Haack Secom .

Aproveita o passeio da ciclovia na orla de Amaralina para fazer uma parada e conhecer o Largo das Baianas, que possui acomodação para dez baianas de acarajé, além de espaço para roda de capoeira. Em homenagem às baianas de acarajé, foi instalada uma escultura que simboliza a profissão. A estátua, confeccionada pelo artista Bel Borba, mede quatro metros de altura e pesa 16 toneladas.

Passe uma tarde na ciclovia de Itapuã

Se gostar de longas distâncias, a boa é ir de Amaralina até Itapuã. Os dois bairros estão com trechos grandes já revitalizados e entregues, o que vai deixar seu passeio ainda melhor.

Você vai passar pela orla da Pituba, Jardim dos Namorados, Boca do Rio, Praia da Armação, Jaguaribe e Piatã. Neste caminho, tem praias boas para surf, kitesurf, e você ainda pode cruzar com caminhantes, corredores e até uma galera soltando pipa. Uma profusão de atividades ao ar livre.

São mais de 17 quilômetros de distância de Amaralina até Itapuã. Tá achando muito? Oxe, mas não era você que estava querendo um sol queimando a sua pele, uma maresia batendo no rosto? Então, jogue duro e deixe de maresia!

A ciclovia de Itapuã está linda, aproveita para tirar muitas fotos na via que mais parece um “tapete vermelho”; e no Farol de Itapuã. E não deixe de comer um clássico acarajé.

Parques: a criançada vai amar!

Parque da Cidade.. Salvador Bahia Foto: Amanda Oliveira.

Área gramada, árvores, pistas de bicicleta, anfiteatro, o Parque da Cidade é ótimo para a família toda. Fica entre os bairros da Santa Cruz e Itaigara e é ocupado por quem gosta de lazer, cultura, esporte e natureza. O Parque possui quase 4 mil metros de pista, bom para andar de bicicleta, patins, patinete, skate, etc e tal!

Oficialmente, os parques municipais de Salvador estão reabertos desde o dia 28 de setembro com algumas restrições. O funcionamento durante a pandemia é de segunda a sexta, das 06h às 17h; não são permitidos piqueniques, saraus e outros eventos; está proibida a venda de alimentos, bebidas e outros tipos de produto; o parque infantil segue fechado; e está proibida a prática de esportes em grupo, entre outras regras.

Outra ótima opção é o Parque dos Ventos. O espaço é um prato cheio para quem curte desde a contemplação até as aventuras mais radicais. O parque dispõe de uma ciclovia de três quilômetros, além de pista de skate street, cuja composição simula obstáculos de rua como escadarias, rampas e corrimões; uma pump track – pista ciclística de circuito contínuo, com lombadas, morros de terra arredondados e curvas levemente inclinadas; e um local destinado exclusivamente à pratica do parkour. É diversão na certa!

Cidade Baixa

Na Ribeira, nossa sugestão é começar o passeio na Igreja do Bonfim, amarrar uma fitinha e seguir pela orla, olhando o mar. Você vai passar pela Igreja da Penha e pode terminar o passeio tomando um sorvete na Sorveteria da Ribeira ou no Museu do Sorvete, no Solar Amado Bahia.

Do Campo Grande à Vitória

Há ainda as ciclofaixas provisórias do Corredor da Vitória até a Praça Castro Alves (1,7km). Você pode percorrer toda a Avenida Sete de Setembro (sentido comércio), chegando até o Centro Histórico. Prefira ir aos fins de semana, evitando assim grande fluxo de veículos, habitual nesta via.

No caminho Campo Grande x Vitória, você tem sombra do começo ao fim, com árvores centenárias que fazem um verdadeiro túnel natural. Termine o passeio num dos mirantes mais charmosos da cidade.

Mirante Wildberger

Cuidados importantes

Com a pandemia do covid-19, a capital baiana vem se adaptando a este novo normal. Os ciclistas devem estar atentos para o uso da máscara, álcool 70º, manter um distanciamento seguro de outras pessoas e os equipamentos de segurança para evitar contaminação e acidentes.

Este é o Plano de Retomada das atividades. Entenda todos os protocolos de funcionamento neste link.

Bicicletas por todo lado

Atualmente, são 281,8km de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas no total. Você não tem uma bicicleta para curtir isso tudo? Não se preocupe! Salvador está repleta de pontos de bicicletas que funcionam em sistema de compartilhamento, o “Bike Salvador” por meio do “Movimento Salvador Vai de Bike”. Atualmente, são 50 estações e 400 bicicletas, com 710 vagas disponíveis em todo sistema.

Serviço

Movimento Salvador Vai de Bike neste link.
Estações de bicicletas compartilhadas neste link.
Conheça grupos de ciclistas pela cidade neste link.
Alugue sua bike neste link.

Por Fernanda Slama
Coordenadora de conteúdo do portal


Orla de Ondina. Salvador Bahia. Foto Abel Baião.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
11
Duração aproximada
1 horas - 2 horas
Seu bolso
Localização
Comercio, Salvador - BA, 40301-155

Outros Roteiros

Agenda

02
dez
03
dez
04
dez
05
dez
07
dez
08
dez
09
dez
Ver mais em Agenda