Um roteiro LGBTQIA+ em Salvador

Salvar nos favoritos

Se você ainda não conhece os pontos da diversidade da cidade, anote essas dicas e se jogue do Centro até Itapuã

Seja para morar ou visitar, se você faz parte da comunidade LGBTQIA+ (Lesbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Queer, Intersexo, Assexuais e mais) e sonha em vir para Salvador, agora é a hora de se planejar e conhecer os principais pontos da diversidade da cidade. Se já é daqui, vale abrir os horizontes e conhecer sempre novos lugares de resistência e diversão.

Para ser bem completa, convidamos Jorge Gauthier para dar as melhores dicas. Ele é jornalista, gay e editor do Canal Me Salte, portal de notícias LGBTQIA+ hospedado no jornal Correio (BA). Lá vamos nós por um roteiro LGBTQIA+ em Salvador.

Salvador diversa

Por Jorge Gauthier

Abençoada pela Baía de Todos-os-Santos, com uma natureza exuberante, clima agradável e um povo único, a capital baiana atrai pessoas LGBTQIA+ não só no verão, quando ocorre o maior carnaval de rua do planeta, mas também no período fora da folia, onde bares, boates, restaurantes, casas de shows e saunas estão de portas abertas para receber a todes da melhor forma possível.

Apesar de ainda ter muito preconceito e discriminação na nossa sociedade, Salvador é lar de muita diversidade. Personalidades conhecidas nacionalmente, artistas diferenciados e cantinhos únicos fazem parte da cena LBGTQIA+ da cidade com variadas opções que vão muito além do que apenas as boates. Pensando nisso, veja um roteiro LGBTQIA+ em Salvador completo com lugares para você comer, dançar, ter encontrinhos, para ver drag queens e para suar. Lacre em Salvador com muito respeito e alegria quando a pandemia acabar!

· Pra comer

Bêco de Rosália

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bêco de Rosália (@becoderosalia) em

Feijoada, dobradinha, mariscada, xinxim cozido, strogonoff, frango à parmegiana e panqueca são apenas algumas das delícias do restaurante, que tem espaço aconchegante e acolhedor. A música ambiente transita entre a música local, pop e a MPB. Capas de discos, cartazes e toalhas rendadas nas mesas são a marca da decoração.

Local: Av. Leovigildo Filgueiras, 530 – Garcia
Funcionamento: todos os dias, das 11h às 16h e 18h às 2h
Contato: (71) 3483-4234 / 3329-1281 | Instagram: @becoderosalia

Bar Santo Forte

Novo point do Rio Vermelho, o Santo Forte é conhecido pelos drinks especiais, como a caipirinha de manga com maracujá e a cachaça de Jambú, e pelos petiscos e comidinhas, como o Dadinho de Tapioca. Além de atrair um público diverso, o bar tem música boa para descontrair o papo o papo com o visu do bairro mais boêmio da cidade.

Local: R. da Paciência, 116 – Rio Vermelho
Funcionamento: todos os dias, das 21h às 5h
Contato: (71) 99376-0645 | Instagram: @barsantoforte

Creperia La Bouche

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por La Bouche (@la_bouche_creperia) em

Apesar de não ser um espaço predominantemente LGBTQIA+, a La Bouche, que fica pertinho do Farol da Barra, recebe um público diversificado e tem uma comida especial. A creperia tem em seu cardápio o famoso crepe de shiitake com tofu e queijo suíço e o crepe de frutas servido com sorvete. A casa serve também pastéis, arrumadinho e outros pratos. A [a1] margarita é a bebida mais pedida. Durante a semana, o espaço tem uma programação com shows e música ao vivo. No passado, tinha ótimos shows de drags.

Local: R. Dias d’Ávila, 26 – Barra
Funcionamento: de quinta a domingo, das 16h às 2h
Contato: (71) 3237-3449 | Instagram: @la_bouche_creperia

Mocambinho Bar

Simples e charmoso, o bar e restaurante tem 13 anos e reúne muitas figuras ligadas ao setor da cultura de Salvador. O cardápio é inspirado na cultura gastronômica do Recôncavo Baiano. A carne de fumeiro com purê de batata é um dos pratos mais pedidos. O bar oferece ambientes interno e externo (este com mesas na calçada).

Local: R. da Faísca, 12 – Dois de Julho
Funcionamento: terça a sábado, das 18h às 2h
Contato: (71) 3328-1430 | Instagram: @mocambinhobar

San Bar

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por SAN BAR (@sanbarrv) em

O bar funciona na área externa da boate SAN, no Rio Vermelho. É uma opção para comer alguns tira-gostos e outras comidinhas, como poke, e curtir drinks em um espaço descolado.

Local: Rua Conselheiro Pedro Luiz, 113, Rio Vermelho.
Funcionamento: quarta a sábado, das 19h às 2h
Contato: Instagram: @sanbarrv

· Pra dançar

San Boate

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por S Λ N (@sanboate) em

A San Boate, hoje localizada na Pirâmide do Rio Vermelho, é a boate LGBTQIA+ mais conhecida de Salvador e costuma agradar todo tipo de público. Com cinco espaços – um bar externo, uma espécie de lounge, duas pistas e um camarote, a boate fica instalada no bairro do Rio Vermelho, cenário da boemia soteropolitana. Um dos destaques da casa é o projeto de iluminação, assinado por Lonardi Dona, da LOD System.

Local: R. Conselheiro Pedro Luiz, 488 – Rio Vermelho
Funcionamento: quinta, sexta, sábado e véspera de feriados, às 23h59
Contato: (71) 3334-1625 | Instagram: @sanboate

Amsterdam Rio Vermelho

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Amsterdam Rio Vermelho (@amsterdamrv) em

A Amsterdam funciona na mesma pirâmide que a SAN, no Rio Vermelho, e tem uma programação preparada para receber o público jovem soteropolitano. A casa tem duas pistas e uma programação musical focada nas divas nacionais e internacionais da pop music e o melhor da música eletrônica.

Local: R. João Gomes, 249 – Rio Vermelho
Funcionamento: quinta, sexta, sábado e véspera de feriados, às 22h30
Contato: Instagram: @amsterdamrv

Mirante dos Aflitos

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mirante dos Aflitos (@mirantedosaflitos) em

Espaço onde funcionou a Amsterdam no passado, a boate tem uma das vistas mais privilegiadas da capital baiana. Hoje, é frequentada pelo público mais jovem, que encontra muito pop e funk. É comandada pelo Grupo San Sebastian.

Local: Largo dos Aflitos, s/n – Dois de Julho
Funcionamento: quinta, sexta, sábado e véspera de feriados, às 22h
Contato: (71) 98114-9433 | Instagram: @mirantedosaflitos

Bar de Ray (Bar Champanhe)

Se você gosta de escutar boa música, dançar muito ao som de músicas populares em shows ao vivo e comer um tira-gosto, o Bar da Ray, fundado em 2001, é seu ponto. Bastante frequentado por mulheres lésbicas, o bar tem cardápio diversificado, bebida gelada e festas temáticas ao longo do ano. Os ritmos mais executados são pagode e arrocha.

Local: R. Carlos Gomes, 1001 – Centro
Funcionamento: sexta, às 19h e sábado, às 21h
Contato: Instagram: @raylucy_bar

Casa da Mãe

O espaço oferece música de qualidade e programação repleta de cantoras. Pequeno e aconchegante, localizado quase em frente à Casa de Yemanjá e ao mar do Rio Vermelho, não é um território exclusivamente LGBTQIA+, mas recebe um público alternativo. Na programação musical, o samba de roda se encontra com a MPB e outros ritmos. Também serve culinária do Recôncavo Baiano. [a2]

Local: R. Guedes Cabral, 81 – Rio Vermelho
Funcionamento: de terça a domingo, das 19h às 2h.
Contato: (71) 99926-2101 | Instagram: @casadamaeoficial

· Para encontrinhos

Mister Miss Pub Café

O espaço é uma espécie de pub café e é um ambiente aconchegante e acolhedor que mescla cultura e entretenimento. Point muito usado como esquente de quem vai para os shows do Pelourinho e/ou para dates.

Local: Rua Gregório de Matos, 15 – Pelourinho
Funcionamento: de terça a domingo, das 18h ao último cliente
Contato: (71) 3321-2484 ou (71) 9 9327-2724 | Instagram: @mistermisspub

Pasárgada Kebab Grill & Bar

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pasárgada Kebab Grill & Bar (@vouprapasargada) em

O restô tem petiscos e pratos típicos da culinária persa, além de drinks, em espaço aconchegante com decoração iraniana. O Dürum Kebab de carne de cordeiro é uma das especialidades da casa. No primeiro andar, é possível sentar no chão em um clima romântico. O espaço não é exclusivamente LGBTQIA+, mas é superaberto à diversidade.

Local: Praça Brg. Faria Rocha, 44a – Rio Vermelho
Funcionamento: domingo, terça e quarta, das 18h à 0h; quinta, das 18h às 2h; sexta e sábado, das 18h às 3h
Contato: (71) 99933-3353 | Instagram: @vouprapasargada

Rua Carlos Gomes

É um dos pontos mais tradicionais de encontro LGBTQIA+ na cidade. O movimento abrange toda a área que vai do Largo Dois de Julho ao Campo Grande, incluindo a Rua do Faísca e o Jardim da Piedade. Só não saia desacompanhado.

Local: R. Carlos Gomes – Centro.

Jardim de Alah

Ao longo do dia, o local é ocupado por corredores, ciclistas e mesas de massagem ao ar livre. De noite, tudo muda e o Jardim vira um dos points LGBTs mais famosos da cidade para quem está procurando pegação. Redobre os cuidados em toda a área.

Local: Av. Otávio Mangabeira – Pituba

Beco da Off

Nomeado carinhosamente por causa da antiga boate Off Club, o Beco da Off ainda oferece agito, principalmente nos finais de semana. Os bares espalham suas mesas pelas calçadas e as ruas se enchem de gente. É uma boa opção para encontrar o crush. A clientela pode assistir a shows e consumir as várias opções de petiscos e drinks nos bares. O beco é também um ponto de encontro durante o Carnaval.

Local: R. Dias D’Ávila, Barra.

Praias

Praia do Buracão. Fotos: Fábio Marconi

As praias da capital baiana também são opções de locais para ir a um encontrinho. A Praia do Flamengo, apesar de um pouco distante do centro da cidade, tem mar sereno e movimento de pessoas mais tranquilo. Ideal para quem deseja se bronzear, dar um mergulho ou até mesmo paquerar nas remanescentes barracas de praia, como a Pipa e a do Gaúcho.

Já a Praia dos Artistas, na Boca do Rio, mantém, mesmo que mais leve, a fama que vem desde os anos 70, quando também atraía artistas e alternativos. O visual é dos mais bonitos, com um mar tranquilo e convidativo. A praia fica entre os trechos de Armação e Corsário.

Outra praia bastante frequentada pelo público LGBTQIA+ é a do Buracão, no Rio Vermelho. Fica escondida numa rua sem saída e não costuma lotar, mesmo nos finais de semana. É famosa também pelas festas que acontecem esporadicamente à noite.

O tradicional Porto da Barra também é um reduto da diversidade. Recebe turistas, artistas, patricinhas, alternativos, crianças e, claro, muitos representantes do mundo LGBTQIA+. A paquera rola solta, geralmente no final da tarde. A comunidade geralmente se concentra entre o meio e o lado direito da praia, próximo ao Forte de São Diogo.

· Para ver drags

Âncora do Marujo

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bar Âncora do Marujo (@ancoradomarujo) em

É o local mais tradicional dos bares que tem shows de transformistas da Bahia. Reúne dos mais requintados aos mais caricatos. O espaço pequeno costuma lotar a partir de meia noite. No palco, transformistas dão vida a cantoras brasileiras e divas internacionais. A cerveja é sempre gelada e tem petiscos deliciosos – especialmente as coxinhas de frango com batata frita.

Local: Av. Carlos Gomes, 808 – Centro
Funcionamento: de terça a domingo, das 21h até 3h
Contato: (71) 3329-1833 | Instagram: @ancoradomarujo

Carmén Lounge Bar

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por carmenlbsalvador (@carmenlbsalvador) em

O espaço, com dois ambientes e vista para a rua, tem performances de drag queens todos os dias. À frente do bar está um dos maiores nomes da arte transformista de Salvador: Valerie O’rarah. Depois de anos se apresentando em outras casas, ela passou a ter a dela.

Local: Avenida Carlos Gomes, 860 – Centro
Funcionamento: de terça a domingo, às 20h
Contato: (71) 98275-5368 | Instagram: @carmenlbsalvador

Tropos Gastrobar

O restaurante e bar tem drinks e comidinhas. O destaque fica por conta do filé ao molho funghi e da batata rústica, além dos wraps. O clima descontraído se completa com shows alternativos. Aos sábados, o bar ganha uma cara LGBTQIA+. Quem comanda a programação é a drag queen DesiRée Beck, que geralmente recebe outros artistas transformistas como convidados.

Local: R. Ilhéus, 214 – Rio Vermelho
Funcionamento: quinta e sexta, às 18h; sáb, às 19h; e véspera de feriados, às 18h
Contato: (71) 99232-3307 | Instagram: @tropos.gastrobar

Casa Preta

Com estúdio, quintal, terraço e vários equipamentos, a Casa Preta é um espaço cultural que fica no bairro Dois de Julho. Por lá, frequentemente acontecem concursos e performances de artistas transformistas. Após a pandemia, o local já anunciou que vai receber a segunda edição do projeto Nos Quatro Cantos da Casa, com exposições, shows, teatro, dança, performance, cortejo percussivo e videoinstalações.

Local: R. Areal de Cima, 40 – Dois de Julho
Funcionamento: de acordo com as atividades
Contato: (71) 3321-9054 ou (71) 98779-6093 | Instagram: @casapretaespacodecultura


Praia do Buracão. Rio Vermelho. Foto: Fábio Marconi

1
2
3
4
4
Duração aproximada
1 horas - 2 horas
Seu bolso

Outros Roteiros

Agenda

30
set
01
out
02
out
03
out
05
out
06
out
07
out
Ver mais em Agenda