Pelourinho e suas belas surpresas!

Salvar nos favoritos
MAFRO - Museu Afro-Brasileiro da UFBA. Foto: Fábio Marconi

Curiosidades no Centro Histórico: 5 lugares que você tem que conhecer.

O Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador, é um dos bairros mais visitados da cidade. Suas ruas estreitas, enladeiradas recebem visitantes de toda parte do globo e os próprios moradores têm uma forte ligação com o lugar. Seus diversos bares, restaurantes, lojas, museus, teatros, galerias e igrejas vivem movimentados. Diga ai, quantas vezes você já foi ao Pelô? Será que já conhece tudo por lá?

Neste roteiro, vamos te contar algumas curiosidades de cinco lugares que você tem que conhecer. Para começar, temos que ressaltar que este é um conjunto arquitetônico colonial barroco brasileiro preservado e integrante do Patrimônio Histórico da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Com certeza você ainda terá grandes motivos para voltar a estes casarões coloridos.

Catedral Basílica

Catedral Basílica Pelourinho. Salvador. Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

A Catedral Basílica de Salvador ficou três anos e oito meses fechada em reforma. Uma preciosidade cravada no coração do Pelourinho está de volta no dia-a-dia e na fé baiana e de todo o mundo. A Catedral é uma das mais importantes construções sacras do Brasil Colonial, testemunho da história e do catolicismo no país.

Esta fabulosa igreja guarda muitas curiosidades. Debaixo do altar-mor, sob uma lápide de mármore, foi encontrada uma escadaria que levava a uma antiga catacumba. Já no interior de uma das capelas, ossadas foram descobertas incluindo 13 crânios humanos. Também foram encontradas pinturas originais nas paredes e peças sacras, que revelaram quadros com imagens de santos jesuítas escurecidos pelo tempo e até purpurina nas áreas revestidas de ouro pode-se encontrar.

Na capela do Santíssimo, outra surpresa: foram recuperados diversos elementos com folhas de prata, material não muito comum. Esses estavam encobertas por camadas de repintura dourada. E ainda tem muito mais, clica neste link que a gente te conta.

O Mural de madeira de Carybé

O Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia é um dos poucos no país a tratar exclusivamente das culturas africanas e a sua presença na formação da cultura brasileira. Você sabia que a grande maioria dos objetos foi comprada pelo próprio fotógrafo e antropólogo francês, Pierre Verger? Ele prestou serviços à UFBA / CEAO – Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade Federal da Bahia, viajando para adquirir peças para o acervo.

Há também objetos de origem brasileira, relacionados com a religião afro-brasileira da Bahia, incluindo um conjunto de talhas em cedro de autoria de Carybé, este grande artista argentino, naturalizado brasileiro. São 27 painéis representando os orixás do candomblé da Bahia. Cada um deve ter por volta de 2 metros de altura em madeira entalhada e diversos detalhes em ferro. É de tirar o fôlego.

Serviço:
Largo Terreiro de Jesus, Pelourinho.
Horário de funcionamento: de Segunda a Sexta, das 9h às 17h.
Telefone: (71) 3283-5540

Apoena – Galeria de arte sacra e indígena

Loja Apoena, Pelourinho. Foto: Fábio Marconi

Essa é uma daquelas galerias & loja que você deve conhecer. Na Apoena, estão à venda obras de grandes artesãos nordestinos, como: Carolina Leão, Patrícia Barros, Mestre JC, Jan Araújo, Ermes Aquino, Rozalvo de Maragogipinho e Marcos de Sertanha.

Se no térreo o principal são as artes sacras, no primeiro andar, a galeria é toda tomada por arte indígena de várias partes do país como Élon Brasil, Moitaráe José Kuripako, do Mato Grosso. Tudo muito colorido e das janelas tem-se uma vista ótima de cima dos dois largos: Largo Terreiro de Jesus e o de São Francisco. Definitivamente vale o passeio e as compras.

Serviço:
Largo Terreiro de Jesus, 21-185 – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-010, Brasil
Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h18 às 18h.
Telefone: (71) 99884-4055

Atelier Raimundo Santos Bida – Pintura Naif

Especialista em Arte Naïf, o pintor Raimundo dos Santos, Bida, já tem seu trabalho reconhecido em boa parte do Brasil, Estados Unidos, Europa e outras partes do mundo, e ganha cada vez mais novos admiradores. Seu Ateliê fica na Ladeira do Carmo, próximo à escadaria da Igreja do Passo e acaba de abrir uma linda galeria na esquina da Rua Laranjeiras, no Pelourinho.

A palavra Naïf é um termo francês que significa ingênuo ou inocente; portanto, a “arte naïf” é todo produto artístico de natureza pueril que demonstra uma criatividade autêntica baseada na simplificação de elementos decorativos a níveis brutos, espontâneos, puros, coloridos.

Bida, como é mais conhecido, é uma grande expressão dessa arte, um bom exemplo da grandeza e do potencial dessa técnica, que retrata a gente baiana simples, refletindo a alma de todos os brasileiros. Já realizou exposições na Alemanha, Portugal, Holanda, Suíça, Estados Unidos, Espanha, França e Inglaterra.

Um suco refrescante

Suco de Limão com Coco. Pelourinho Salvador Bahia Foto: Amanda Oliveira.

Imagine misturar limão com coco. Pois foi isso que Milton Cavalcante fez e não é que ficou bem gostoso?! Ele é pernambucano e já trabalha no Pelourinho tem mais de 20 anos. Milton circula entre os Largos do centro Histórico e a Baixa dos Sapateiros e é bem fácil de achá-lo em frente ao Teatro Miguel Santana, na rua Gregório de Matos, ou em frente à Fundação Casa de Jorge Amado, no Largo do Pelourinho.

Seu suco de limão com coco é super refrescante e a propaganda é mais um dos seus diferenciais. No seu carrinho tem traduções em inglês, espanhol, alemão, francês e em japonês. Além disso, sua apresentação é ótima, com avental, copos em metal e um guarda-sol que tem mais uma curiosidade: uma placa solar que capta a energia necessária para manter gelado o já famoso suco. Outra coisa boa é que, enquanto você bebe o suco, pode carregar o celular na própria barraquinha.

Preparamos uma lista com músicas perfeitas para esta experiência. Ouça agora!


Catedral Basílica Pelourinho. Salvador. Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
17
Duração aproximada
4 horas - 6 horas
Seu bolso

Outros Roteiros

Agenda

10
ago
11
ago
12
ago
13
ago
14
ago
15
ago
16
ago
Ver mais em Agenda