Espaço Pierre Verger da Fotografia da Bahia

Salvar nos favoritos

A história contada em imagens épicas deste lindo Estado

O Forte Santa Maria abriga história e ancestralidade em molduras

Se você está acostumado a ir para o Porto da Barra apenas para curtir aquela praia maravilhosa, ainda tem muito a viver naquela orla. Em um único lugar, é possível viajar por todo o Estado da Bahia, e por cada canto de Salvador. Como? Em fotografias de tirar o fôlego, grandes profissionais mostram uma Bahia por diferentes olhares, mostrando a diversidade cultural dessa terra maravilhosa. Isso aliado a projeções, salinha-cinema, mapa interativo e realidade virtual.

Este é o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana, projeto dedicado à valorização, reconhecimento e divulgação da fotografia baiana, destacando o trabalho do etnólogo e fotógrafo franco-baiano Pierre Verger e de mais 100 fotógrafos que tenham nascido ou fixado residência, ainda que temporária, na Bahia.

O intenso uso de meios e recursos tecnológicos transformou esse museu em um espaço pioneiro na Bahia. Assim, cada temática é tratada com recursos tecnológicos diferentes, alguns adotando uma via mais clássica, como projeções e telas interativas; outros, empregando tecnologia de ponta, como apresentações virtuais e interatividades complexas, possibilitando ao visitante criar a sua própria exposição, dentre as mais de 5.000 fotografias apresentadas.

Exposição Permanente

Espaço Pierre Verger. Foto: Fábio Marconi.

A exposição permanente é dividida em seis eixos principais: Retratos (Mostrando as primeiras fotografias feitas na Bahia, retratos de personalidades importantes, até hoje em dia com as ”selfies”), Paisagens Urbanas (fotos de ruas, bairros e pontos diversos da cidade, em imagens antigas e atuais), Cultos Afro-Brasileiros (fotos divididas em níveis de acesso diferenciados, conforme o conhecimento do visitante, mostrando vários momentos cerimoniais), Interior da Bahia (projeção de imagens editadas e musicadas, mostrando as diversas regiões do estado), Cenas do Cotidiano (dezenas de conjuntos de fotos divididos por palavras e temas: capoeira, carnaval, festa de largo), e Fotografia Contemporânea (ensaios de fotógrafos que mostram um extrato diverso e de vanguarda da cena fotográfica local).

Exposições Virtuais

Este é um dos grandes diferenciais tecnológicos do espaço. Diversas exposições que aconteceram ou foram criadas especificamente para o projeto são visitadas através de Óculos de Realidade Virtual. Mostras de Pierre Verger, Adenor Gondim e Hirosuke Kitamura foram as primeiras a serem disponibilizadas ao público.

As exposições virtuais do Espaço Pierre Verger da fotografia Baiana são:

1. As Aventuras de Pierre Verger (Exposição realizada no Museu Afro-Brasil – SP)
2. Ruínas da Memória – Adenor Gondim (Exposição realizada na Igreja da Santíssima Trindade e num casarão em ruínas no Comércio – SSA – BA)
3. Universo Oculto – Hirosuke Kitamura [Oske] (Exposição sobre a Ladeira da Montanha e adjacências)
4. Ciganos [Calon na Bahia] – Márcio Lima (Exposição sobre a etnia de ciganos Calon, realizada em acampamentos ciganos nas cidades de São Felipe, Maragogipe e Gov. Mangabeira)
5. Vales da Chapada – Ruy Rezende (Fotografias sobre a Chapada Diamantina, realizada no Vale do Pati, toda em vídeos 360o – Em fase de programação)
6. Além dos Muros – Coletiva (Exposição realizada na FUNDAC Simões Filho, onde os menores internos fizeram a curadoria das fotografias que mais os remetiam à liberdade – Em fase de Programação).

A curadoria do Espaço Verger da Fotografia Baiana é de Alex Baradel, diretor técnico da Fundação Pierre Verger, que divide os créditos de pesquisa/curadoria com Célia Aguiar, fotógrafa e professora de fotografia. O projeto expográfico é assinado pelos arquitetos Fritz Zehnle Jr e Rose Lima.

Serviço

Espaço Pierre Verger da Fotografia da Bahia
Instagram: @espacopierreverger
Data: de quarta a segunda, das 11h às 18h. Entrada até às 17h.
Ingresso: entrada: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia).
Local: Forte de Santa Maria, Porto da Barra, Salvador.
Importante: entrada válida também para visita ao Carybé de Artes (Forte de São Diogo).
Meia-entrada para estudantes e pessoas a partir de 60 anos. Escolas púbicas têm gratuidade, em visitas previamente agendadas. Todas as quartas-feiras, as visitas são gratuitas para todos.

Preparamos uma lista com músicas perfeitas para esta experiência. Ouça agora!

Espaço Pierre Verger. Foto: Fábio Marconi.

1
2
3
4
5
6
7
7
Seu bolso
Localização
Forte de Santa Maria, Porto da Barra, Salvador

Outras experiências

Agenda

06
out
07
out
08
out
09
out
10
out
11
out
12
out
13
out
Ver mais em Agenda