Turismo Étnico Afro: 04 lugares para conhecer

Salvar nos favoritos
ZUMVI. Carmo. Salvador Bahia. Foto João Lima @joaolima.

Fotografia, arte, dança, culinária. Conheça locais que exaltam o legado histórico e cultural negro na cidade de Salvador

Terra da criatividade, Salvador respira cultura e africanidades. São diversas as experiências afrocentradas espalhadas pela cidade. O Visit Salvador da Bahia preparou uma lista com 04 lugares para conhecer a cultura negra por meio da arte, da música e da gastronomia.

Zumví Arquivo Afro fotográfico

Este é um coletivo de fotógrafos negros com o objetivo de fazer imagens da cultura afro-brasileira, um arquivo de fotografia comprometido com a imagem afirmativa do povo Negro. Na galeria, que funciona no Carmo, você pode ver o acervo exposto e ainda comprar os produtos.

O ZUMVI Arquivo Fotográfico é uma instituição idealizada, em 1990, por Lázaro Roberto, Ademar Marques e Raimundo Monteiro, três jovens negros das periferias de Salvador, que viveram em um contexto histórico adverso em meio à Ditadura Militar e aos percalços de serem Negros na cidade mais Negra fora do continente Africano.

O objetivo era fazer fotografia documental, ou fotojornalismo. Sem esta pretensão, esses fotógrafos criaram um “Quilombo visual”, desenvolvendo uma afro maneira de registrar e criando um arquivo de memórias imagéticas dos negros, algo jamais feito no Brasil contemporâneo.

Hoje, Lázaro vem fazendo o seu trabalho junto ao acervo sem os outros parceiros, pois estes passaram a se dedicar a outras atividades. Antes disso, porém, ambos deixaram as fotografias e seus registros aos cuidados dele. Nos últimos sete anos, Lázaro vem tendo o auxílio do sou sobrinho, o historiador José Carlos Ferreira, que vem desenvolvendo e facilitando pesquisas acadêmicas sob o acervo no campo da memória, cultura e raça, bem como na produção executiva da instituição. Saiba mais neste link.

Serviço:

Zumví Arquivo Afro Fotográfico
Instagram: @zumviarquivofotografico
Local: Ladeira do Carmo, 28. Centro Histórico, Salvador.
Funcionamento: de quarta a sábado, das 10h às 19h. Domingo, das 14h às 19h.
Como comprar: acesse a loja, compre o que deseja, e receba o pedido na sua casa. Dúvidas, envie um e-mail para: contato@zumvi.com.br. https://loja.zumvi.com.br/

Exposição ”Encruzilhada”

Repleta de simbologias, a mostra ”Encruzilhada” reúne a essência da cultura africana e suas religiões, além do legado da arte afro-brasileira. Ocupando os espaços expositivos da Capela e do Casarão do Solar do Unhão, no Museu de Arte Moderna da Bahia, propõe um diálogo entre o acervo moderno e contemporâneo do Museu e a Coleção de Arte Africana Claudio Masella do Solar do Ferrão ( @museusdabahia /@ipacba ). Na curadoria estão: o prestigiado artista visual baiano, Ayrson Heráclito, e o curador do MAM, Daniel Rangel.

”Encruzilhada” é uma reunião de artistas de diversos contextos históricos, sociais e raciais, que articulam tensões na produção de visualidades, cuja centralidade dos seus interesses criativos é ativada a partir do universo das culturas afrodiaspóricas. Alguns dos temas transitam entre o sagrado e as emergências cotidianas, e ainda, referências estéticas e abordagens de cerca de 18 etnias provindas de diferentes regiões da África.

Serviço:

Exposição ”Encruzilhada”
Local: Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM, Av. Lafayete Coutinho, s/n – Comércio, Salvador – BA.
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 13h às 18h, até o dia 14 de agosto.
Período: de 18 de abril a 14 de agosto de 2022.
Mais informações: www.mam.ba.gov.br ou pelo telefone (71) 31176132 e 31176139 (segunda a sexta, 9h às 12h e 13h às 15h).
Acesso gratuito.

Ajeum da Diáspora

O Ajeum da Diáspora é um projeto gastronômico e cultural que tem como objetivo valorizar a culinária afro-brasileira. O Ajeum é uma oportunidade de reunir pessoas interessadas em saborear iguarias de nossa vasta culinária, sempre contando com um toque de criatividade e originalidade.

O projeto, idealizado por Angélica Moreira em 2013, funciona regularmente na própria casa da cozinheira e anfitriã. O diversificado cardápio é repleto de receitas carregadas dos sabores trazidos da África. Outro ponto forte do projeto, destacado por todos que o conhecem, é a proposta de compartilhar, herdada da ancestralidade africana e aplicada na mesa do Ajeum.

O Ajeum da Diáspora fica no bairro do Tororó, no Centro de Salvador. O restaurante é frequentado por soteropolitanos e turistas. Os pratos são bem variados, como: Arroz de Hauçá; Efó com Peixe; Jambalaya; Yassa de frango; Arroz Jollof; Maniçoba e outros.

Serviço:

Ajeum da Diáspora
Evento gastronômico-cultural
Instagram: @ajeumdadiaspora
Endereço: Rua Amparo do Tororó, 157, Tororó. Próximo ao Buffet Caravelle
Funcionamento: domingos, a partir das 13h
Preço: R$ 50,00 (por pessoa)
Contatos: Daza Moreira (71) 99160-8933/ 99127 1595/ ajeumdiaspora@gmail.com

Bar A Marujada

Se tem um lugar que acredita nas coisas da Bahia e na potência que o povo baiano tem, esse lugar é o bar A Marujada. O local tem como premissa “guardar memórias dos antepassados que lutaram e resistiram para que hoje seja possível fazer esse movimento cultural em praça pública”.

Recebe, entre outros eventos, samba de terreiro toda quinta-feira. A escadaria do Passo voltou à cena noturna muito por conta desse bar. Os sambas promovidos pelo bar são uma forma de marcar território e fomentar a cultura popular da Bahia. O grupo de ogans “Alacorin” é o responsável em transmitir o samba de terreiro e do Recôncavo Baiano.

E não podemos falar de um bar sem falar do seu cardápio, não é mesmo? Com criações capitaneadas por Sarah (@sahbarbi https://www.instagram.com/sahbarbi/ ), você pode escolher desde um Bobó de Camarão e Maniçoba, até um delicioso sanduíche de pernil. Mas nossa dica especial é o bolinho chamado Siribará, criado pela própria Sarah. É feito com uma massa de abará e aipim, empanado com farinha de milho, com recheio de siri catado e vatapá como acompanhamento. Escolha uma mesa na parte interna do casarão ou uma das que ficam espalhadas pela rua, peça uma cerveja gelada ou um drink e divirta-se.

Serviço:

Bar A Marujada
Instagram: @amarujada
Rua do Passo, 37, Santo Antônio
Horário de funcionamento: quinta e sexta, das 18h à 00h. Sábado e domingo, das 12h às 16h e depois das 18h à 00h.
Grupo Alacorin – Musicista/banda – @alacorinn


Restaurante Ajeum da Diaspora. Tororó Salvador Bahia. Foto Safira Moreira

1
2
3
4
5
6
6
Duração aproximada
2 horas - 4 horas
Seu bolso

Outros Roteiros

Agenda

25
jun
26
jun
27
jun
28
jun
29
jun
30
jun
01
jul
02
jul

Artigos