Protocolos de saúde para o enfrentamento à COVID-19

Salvar nos favoritos

Novo jeito de curtir Salvador

Tudo o que você precisa saber para se divertir seguindo os protocolos de saúde

Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Depois de mais de quatro meses fechados para evitar a proliferação do novo coronavírus, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e museus estão voltando a funcionar, em Salvador, desde 10 de agosto.

Com a flexibilização e início da fase 3 de retomada das atividades na capital baiana de forma parcial, já é possível visitar espaços de lazer e começar a matar a saudade da cidade – que, aliás, continua linda! Tudo, é claro, deve ser feito com todo o cuidado e seguindo os protocolos e determinações das autoridades públicas.

Este é o Plano de Retomada das atividades. Entenda todos os protocolos de funcionamento neste link.

Dos hotéis, bares, restaurantes, equipamentos culturais e comércio, todos estão seguindo os protocolos de saúde para voltar a receber visitantes e moradores. Pensando nisso, a Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Cultura e Turismo (SECULT), está lançando a campanha “Vem, meu amor, me tirar da solidão”. Ao som do Grupo Olodum, o filme mostra uma cidade feliz, onde todos estão trabalhando juntos para a retomada das atividades de forma consciente.

O objetivo é mostrar como a capital baiana está se adaptando a este novo normal. O filme e a matéria com todas as informações importantes das atividades em Salvador serão divulgados aqui no site salvadordabahia.com e pelo Instagram @visitsalvadordabahia. O filme é uma produção da agência Usina Digital, em parceria com a produtora Mandinga.

Em resumo, os shoppings e centros de compra podem continuar funcionando de segunda a sábado, das 12h às 20h, de forma presencial e com drive-thru. As lojas de rua acima de 200 metros quadrados têm autorização de funcionamento apenas de segunda a sexta, das 10h às 16h.

Bares e restaurantes podem abrir de segunda a domingo, das 12h às 23h. As lanchonetes podem funcionar das 7h às 16h. Já centros culturais, museus e galerias de arte podem funcionar das 10h às 16h, de segunda a sábado, e aos domingos sem restrições de horário. Igrejas e/ou templos religiosos podem funcionar de segunda a sábado, das 10h às 20h, e domingo sem restrição de horário.

Com a retomada das atividades, veja as principais regras e recomendações dos espaços de lazer na capital baiana

Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Na chegada aos estabelecimentos que não sejam localizados em shopping centers ou centros comerciais, a temperatura dos colaboradores, prestadores de serviço e clientes deve ser aferida, e aqueles com resultado igual ou superior a 37,5°C devem ser direcionados para acompanhamento de saúde adequado.

Empresários de todos os setores devem seguir as regras de saúde e higiene do Programa Municipal de Enfrentamento à covid-19 para reabertura. Essas recomendações para clientes e empresários seguem as diretrizes do selo Safe Travels (viagens seguras). Criada pela World Travel & Tourism Council (WTTC), a autenticação estabelece regras a serem cumpridas por empresas, cidades e países para tornar as viagens mais seguras enquanto não há um tratamento eficaz para a covid-19. Salvador, inclusive, foi a primeira cidade do Brasil a receber o selo “Safe Travels” do WTTC, o Conselho Mundial de Viagens e Turismo.

O protocolo foi elaborado seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), com a colaboração de diversas entidades e mais de 200 grandes empresas ligadas ao setor turístico. Negócios como hotéis, restaurantes, companhias aéreas, operadores de tours, lojas, transportes e aeroportos podem conseguir o selo caso comprovem o cumprimento das regras da WTTC.

A Prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), também criou um selo que verificaria que estabelecimentos estão cumprindo rigorosamente as determinações de segurança. O Selo Verificado! garante certificação sanitária e de saúde para estabelecimentos e empresas voltadas para o setor de turismo, como bares, restaurantes, hotéis, pousadas, agências, entre outros. O plano é garantir rígidos protocolos de higiene e limpeza e, desta forma, prevenir e controlar a propagação do novo coronavírus e outras infecções.

O Selo Verificado! funciona como um chamariz, um convite para o cliente ir no estabelecimento sabendo que ele cumpre todas as regras de segurança. O selo possui também verificação do WTTC. A ideia é que ele esteja em pelo menos 600 estabelecimentos, entre comércios, bares e restaurantes.

Com todas essas mudanças, existem novos jeitos de se divertir na capital baiana. Pensando nisso, montamos um super guia com tudo o que você precisa saber para curtir Salvador de forma consciente neste momento. Vamos lá?

Praias liberadas com restrições

Reabertura das praias. Fiscalização intensa da Guarda. Foto Jefferson Peixoto Secom .

A partir de 21 de setembro, a Prefeitura liberou o uso de algumas praias em Salvador. Mesmo assim, seguem com algumas restrições de dias da semana. As praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã estão abertas entre terça e sexta-feira. Já as do Porto da Barra, Buracão e Paciência (essas duas últimas no Rio Vermelho) permanecem fechadas. As demais poderão ser utilizadas de segunda a sexta. Em dias de feriado, nenhuma poderá abrir.

A Guarda Civil Municipal (GCM) vai fiscalizar o cumprimento do protocolo. O horário de uso das praias será livre, mas com proibição do comércio de ambulantes na areia, inclusive alimentos e bebidas. Não haverá limite de pessoas, mas o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deverá ser respeitado, bem como o uso de máscara (com exceção de quando as pessoas estiverem na água).
Atividades esportivas estão liberadas, individuais ou em duplas, com proibição daquelas que gerem contato físico entre os praticantes e os coletivos, a exemplo do tradicional “baba” (futebol). Não são permitidas atividades que gerem aglomerações, tais como piqueniques, luaus e outros eventos. Também está proibido o uso de cadeiras, ombrelones, guarda-sóis, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros.

Lanchonetes, bares e restaurantes

Se você está pensando em comer alguma coisa em um dos bares, restaurantes, pizzarias, sorveterias, hamburguerias e lugares similares da capital baiana, atente-se: os horários de funcionamento desses locais mudaram. Agora, esses estabelecimentos podem abrir de segunda a domingo, das 12h às 23h. As lanchonetes podem funcionar das 7h às 16h.

Para evitar aglomerações, as atrações musicais ao vivo não estão liberadas. Já a distância entre as mesas deve ser de 2 metros e de 1 metro entre cadeiras de mesas diferentes.
Os fãs de self-service – em que a própria pessoa se serve – ou rodízios, como acontece nos restaurantes a quilo ou em churrascarias, verão que as coisas ainda não voltaram a ser como antes. O serviço de buffet só

pode acontecer em restaurantes nos quais haja um funcionário para servir os clientes. Mas, ainda assim, dá pra matar a saudade daquele seu restaurante preferido, né?
Todos os serviços presenciais nesses locais devem ser à la carte, escolhendo o prato pelo cardápio. O menu físico deve ser digital ou plastificado, com higienização após cada uso. As lousas e os cardápios na parede estão liberadíssimos.

Se for ”de galera”, vá com calma. Lembre-se que cada mesa só pode ter até 6 pessoas. Ou seja, nada de sair chamando todos os amigos de uma vez só. A melhor pedida é combinar saídas com grupos específicos. Todos devem usar máscaras, exceto na hora de comer ou beber algo. Aproveite para levar seu próprio álcool em gel para ter uma segurança a mais e prefira sentar nas mesas ao ar livre – muitos dos locais já expandiram as áreas externas pensando nisso.

Hotéis

Os hotéis da capital baiana também estão funcionando e são uma opção de lazer para soteropolitanos e turistas. Mas, para a segurança de todos, o setor de hospedagem precisa atender às regras de distanciamento físico para as áreas de descanso, tanto de colaboradores quanto de clientes.

Nem tudo vai estar como antes. Pode acontecer da oferta de serviços e amenidades estarem suspensas, como a disponibilização de café, poltronas, áreas de descanso, etc.

Faz parte do protocolo de enfrentamento municipal, ainda, a disponibilização de equipamento para lavagem de mãos com sabão apropriado e toalhas descartáveis.

Totens de álcool em gel, preferencialmente acionados sem contato das mãos, também devem estar disponíveis.

De acordo com os Órgãos Municipais de Saúde, os estabelecimentos do setor devem ainda seguir diversas regras de limpeza, como remoção da roupa de cama e toalhas sem agitar ou sacudir, transportando-as diretamente para o local de lavagem ou transporte.

Cinemas, teatros e centros de convenções

A Prefeitura já autorizou a reabertura de teatros, cinemas, casas de espetáculo, centros de eventos e convenções, em mais uma etapa da fase três da retomada das atividades.

Telona – Os cinemas devem seguir um protocolo setorial de reabertura, a exemplo das demais atividades. O horário de funcionamento será de segunda a domingo, das 12h às 23h. A venda de ingressos deverá ser preferencialmente por meio digital. Será permitida a compra de duas poltronas vizinhas no mesmo procedimento. Deverá haver um distanciamento mínimo de duas poltronas entre aquelas que puderem ser utilizadas. Os assentos que não puderem ser utilizados precisam ser fisicamente isolados com fitas, faixas ou outro meio.

Fica proibida a exibição de filmes em 3D que utilizem óculos específicos. A capacidade máxima será de 100 frequentadores e limitada às medidas de distanciamento das poltronas. É obrigatório o uso de máscaras durante todo o tempo, inclusive nas sessões. As salas de exibição deverão ser totalmente higienizadas antes do início de cada sessão. Alimentos e bebidas só poderão ser consumidos dentro das salas.
Mais informações neste link.

Palco – Teatros e casas de espetáculo terão horários e dias livres de funcionamento. A venda de ingressos deve ser preferencialmente por meio digital. É permitida a compra de duas poltronas vizinhas no mesmo procedimento. Deve haver um distanciamento mínimo de duas poltronas entre aquelas que puderem ser utilizadas. Os assentos que não puderem ser usados precisam ser fisicamente isolados com fitas, faixas ou outro meio.

É necessário que haja um intervalo de uma hora entre as sessões para higienização da sala e o máximo de frequentadores será de 100 por espetáculo (com capacidade limitada ainda às medidas de distanciamento das cadeiras). É obrigatório o uso de máscaras o tempo inteiro (menos para os artistas, durante as apresentações, desde que respeitado o distanciamento mínimo de cinco metros para o público), bem como a aferição da temperatura na entrada. Serão proibidas visitas aos camarins antes e após os espetáculos.

Programações virtuais – Mesmo autorizados a reabrir as portas, teatros e casas de espetáculos ainda irão levar um tempo para retomar as atividades de modo presencial. Isso porque a fase ainda é de adaptação aos protocolos de prevenção ao novo coronavírus estabelecidos pela Prefeitura. Alguns espaços iniciam, seguem ou intensificam programações virtuais até que a retomada se dê com toda segurança possível.

O Teatro Castro Alves (TCA), maior complexo cultural do Norte-Nordeste, situado no Campo Grande, dá seu primeiro passo na retomada do uso de seus palcos com a reativação da Sala do Coro. Lá, diversos artistas farão shows exclusivos por meio de transmissão ao vivo no canal do Youtube do TCA, com estreia programada para o próximo dia 25. A ação acontecerá semanalmente, todas as sextas-feiras, sempre às 20h, até o mês de dezembro.

Já as estruturas administradas pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), a exemplo do Teatro Gregório de Mattos, do Espaço Cultural da Barroquinha e dos espaços do Boca de Brasa, também se preparam para voltar a receber o público. Até que isso ocorra, a Fundação continuará promovendo agendas virtuais, como Diálogos #ConexãoFGM, Palco Aberto, Cineclube e Boca de Brasa Apresenta.

Localizado no bairro do Rio Vermelho, o teatro Sesi é outra estrutura que está se adaptando para reabrir as portas. A estimativa é que o local esteja disponível para receber o público em meados do outubro, mas sem uma programação fixa.

Outros teatros como o Isba, em Ondina, e o Módulo, na Pituba, também projetam medidas para o retorno das atividades presenciais. No caso do Módulo, o espaço deverá ampliar o projeto “Palco Virtual” no próximo mês, recebendo artistas para transmissão ao vivo de espetáculos e apresentações musicais.

Eventos – Os centros de convenções e eventos têm agora horários e dias livres de funcionamento. É obrigatória a organização do fluxo de movimentação, para evitar cruzamentos entre as pessoas e aglomerações. O uso de máscaras será obrigatório, inclusive para apresentadores e palestrantes. Ficam proibidas feiras e similares.

A capacidade de ocupação é de uma pessoa a cada seis metros quadrados, com limite de 100 por salão de evento, sempre respeitando o distanciamento mínimo de 1,5m entre os cidadãos. A medição de temperatura deverá ser feita na entrada. O credenciamento de expositores, palestrantes e todos os demais participantes das convenções e eventos deverá ser feito de forma prévia e virtual.

Durante a montagem e desmontagem das estruturas dos eventos, deverão ser garantidos o afastamento mínimo e o uso de máscaras e EPIs pelos empregados.

Centro de Convenções de Salvador (CCS)

Com oito eventos agendados até dezembro, o Centro de Convenções de Salvador (CCS), situado na orla da Boca do Rio, retoma as atividades com base nos protocolos de saúde estabelecidos pela Prefeitura. O cronograma inclui eventos sociais, congressos e palestras previstos para acontecer a partir deste mês. A programação segue com mais seis eventos nos meses de novembro e dezembro. Saiba mais neste link (https://ccs-salvador.com.br/ )

Até esta nova etapa da fase três da retomada das atividades na cidade, apenas o drive-in do CCS operava com a exibição de filmes e realização de shows, também seguindo protocolo próprio definido pelo município e fiscalizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur).

Drive-In

Os eventos que utilizam o sistema drive-in – nos quais as pessoas assistem a filmes, peças e shows de seus próprios carros – estão entre as opções de diversão mais seguras neste momento, de acordo com infectologistas.

Nesse novo jeito de curtir Salvador, os veículos ficam a pelo menos 1,5 metro de distância no estacionamento e pode haver, no máximo, quatro pessoas por carro – evite ir com pessoas que não morem na sua casa. Todos devem usar máscaras na chegada e saída e nos momentos de eventuais interações, como ida ao banheiro.

Atividades ao ar livre

Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Quer respirar um ar fresco? Nem todos os locais públicos estão liberados. Algumas praias, por exemplo, continuam interditadas, assim como algumas praças da capital baiana. Mas super dá para curtir alguns ares da cidade com segurança.

A Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE) afirma que passeios e práticas de atividades físicas ao ar livre “têm efeitos benéficos para a saúde física e mental”. Mas isso ainda deve ser feito de forma isolada, para evitar aglomerações ou contato próximo entre pessoas.

O Ministério da Saúde tem colocado como uma distância segura um intervalo mínimo entre um ou dois metros. Em Salvador, a distância mínima entre as pessoas na maioria dos espaços é de 1,5m. O ideal é que, caso você faça alguma atividade ao ar livre, siga essa orientação. Não esqueça de usar máscara e levar seu álcool em gel!

Museus, centros culturais e galerias de arte

Bateu a saudade de visitar uma exposição e ver as obras artísticas da cidade? Centros culturais, museus e galerias de arte podem funcionar das 10h às 16h, de segunda a sábado, e aos domingos, sem restrições de horário.

A venda de ingressos mudou e deve ser preferencialmente virtual, com horário agendado. Mas consulte o museu ou espaço cultural que você pretende ir com antecedência para saber como está funcionando por lá. Quando o acesso for gratuito, o agendamento do horário também deve ser on-line.

Não esqueça do seu kit de sobrevivência: máscara e álcool em gel. Afinal, o uso de máscaras é obrigatório durante toda a visitação a esses locais. Outro item que você pode levar é a sua própria garrafa de água. Isso porque ainda está proibido o uso de bebedouros nas salas de exposição. Mas não leve muita coisa: o serviço de guarda volumes não está liberado.

Nesse primeiro momento, as visitações ainda não estarão completas – os audioguias e visitas guiadas, assim como exposições interativas, que pressupõem o toque ou colocar fones de ouvido, ainda não estão permitidas. A exibição de filmes ou vídeos só pode acontecer em espaços abertos, com duração máxima de 15 minutos. Mesmo assim, já dá para viver novas aventuras culturais, ricas e únicas pela capital da música.

Igrejas e templos religiosos

Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Quer subir a Colina Sagrada, no Bonfim, ou visitar sua igreja e/ou templo religioso? Esses locais podem funcionar de segunda a sábado, das 10h às 20h, e domingo sem restrição de horário; com até 30% da capacidade do salão ou 50 pessoas, o que for maior. Caso você vá a um desses lugares, lembre-se de usar máscara (o uso é obrigatório); de levar seu álcool em gel; e de ficar a pelo menos 1,5m de distância de outras pessoas.

As aulas e reuniões não estão liberadas, bem como os espaços para crianças, como parques, brinquedotecas e similares. Também não podem ser realizadas saudações com abraços, apertos de mão ou outras que reduzam o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores.

Mas está liberado o uso individual de bíblias, livros ou outros objetos. Na entrada e na saída, todas as pessoas devem higienizar as mãos com álcool em gel 70%.

O atendimento individual de fiéis também pode acontecer, mas deve ser previamente agendado. Ou seja, antes de sair de casa, verifique se o local está realizando esse tipo de atendimento e faça uma marcação prévia.

Faz parte dos grupos de risco? Nesse momento, o ideal é que assista aos cultos de forma virtual e remota.

Shoppings

Quer dar uma passada no shopping e comer alguma coisa? A partir de agora, as praças de alimentação desses estabelecimentos voltam a funcionar com 50% da ocupação total. Os centros de compra já estavam abertos desde a primeira fase de flexibilização e podem continuar funcionando de segunda a sábado, das 12h às 20h, de forma presencial e com drive-thru.

Apesar do funcionamento, a recomendação das autoridades ainda é de que o tempo de permanência nesses estabelecimentos seja o estritamente necessário. Ou seja, dê preferência para passeios em locais abertos e sem aglomerações.

As regras para visitação dos shopping centers continuam as mesmas: o uso de máscaras é obrigatório, bem como a higienização de ambientes e produtos. Não se esqueça de levar seu álcool em gel e manter a distância mínima de 1,5m de outras pessoas. As áreas comuns devem ter uma pessoa a cada nove metros quadrados. Já as lojas só podem ter uma pessoa a cada cinco metros quadrados.

Aproveite para sair de casa já com o seu roteiro de compras em mente. Afinal, ainda não é possível experimentar, testar ou provar produtos de estabelecimentos.

Os shoppings da capital continuam com a limitação de 50% das vagas no estacionamento. A medição de temperatura de todos também continua. Já a realização de eventos presenciais está proibida.

Se você é do tipo que não vive sem celular, não saia de casa sem sua bateria externa, pois as tomadas para carregamento de telefones celulares não podem ser disponibilizadas.

Salões de beleza, barbearias e academias

Os salões de beleza, barbearias e similares podem ampliar o atendimento para 50% da capacidade máxima de clientes e funcionar também no domingo, das 10h às 20h (a regra antes era 30% e só de segunda a sábado, das 10h às 19h). Além disso, as cantinas e lanchonetes das academias já podem reabrir, desde que seguindo o protocolo setorial aplicado a bares e restaurantes.

Lojas de rua

As lojas de rua acima de 200 metros quadrados, que já podiam funcionar desde a primeira etapa da flexibilização, têm autorização de funcionamento apenas de segunda a sexta, das 10h às 16h.

As regras também permanecem as mesmas: limitação de uma pessoa a cada nove metros quadrados; estacionamento restrito a 50% da capacidade para aqueles com mais de 10 vagas; atendimento prioritário para grupos de risco; proibição de eventos presenciais e de consumo de alimentos no local.

Os cuidados são os mesmos de quem vai aos shoppings: não saia de casa sem máscara, leve seu álcool em gel e só fique na loja o tempo necessário para realizar as suas compras.

Se você pertence a um dos grupos de risco, o ideal é ficar em casa. Mas, caso precise sair, seu atendimento é prioritário para reduzir o tempo de permanência no estabelecimento.

Atividades esportivas

Os clubes sociais abriram no dia 31 de agosto apenas para as práticas esportivas, individuais ou em dupla, com exceção daquelas que exijam contato físico, a exemplo de artes marciais e danças. O funcionamento é de segunda a sexta, das 6h às 18h, e sábado e domingo, das 6h às 14h. As aulas coletivas precisam ter o limite de dez alunos e garantir o distanciamento social.

A capacidade máxima simultânea de ocupação dos clubes é de 300 frequentadores ou uma pessoa a cada nove metros quadrados de área, o que for menor. As aulas têm duração máxima de 50 minutos. O uso da piscina só é permitido para a prática de atividades físicas. Além disso, o protocolo geral, que vale para todas as atividades liberadas, precisa ser seguido, ou seja, o uso de máscara é obrigatório, bem como a higienização e limpeza de ambientes e superfícies.

Mercado Municipal

Novo Normal. Salvador Bahia. Foto Tércio Campelo.

Os Mercados do Bonfim e das Flores, no bairro Dois de Julho, reabriram atendendo aos protocolos. O horário de funcionamento desses dois mercados municipais é de segunda-feira a sábado, das 10h às 16h, exceto para bares e restaurantes, que seguem o protocolo desse segmento. O Mercado das Flores é famoso por comercializar arranjos de diversos tipos. Já o do Bonfim tem como principais produtos as roupas, objetos artesanais e demais lembranças da Bahia para os turistas que visitam a Colina Sagrada e o Caminho da Fé.

Regras – O protocolo setorial desses dois estabelecimentos determina que todos os funcionários e permissionários devem utilizar máscara e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados. Cada permissionário também deve disponibilizar álcool a 70% para uso dos funcionários e clientes.

As filas precisam ser ordenadas, respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e o uso de máscara pelos clientes. Fica proibido o uso de bebedouros nesses locais e os banheiros devem dispor de pias com água, sabão, papel-toalha, lixeira com tampa e acionamento por pedal.

Confira o horário de funcionamento de outros mercados municipais:

* Mercado Popular: funcionamento de terça a sábado, das 6h às 14h; domingos e feriados, das 6h às 12h.
* NACS de Itapuã: de terça a sábado, das 7h às 15h; domingos e feriados, das 7h às 12h.
* Mercado Dois de Julho: de segunda a sábado, das 7h às 19h; domingos e feriados, das 7h às 14h.
* NACS de Periperi: de terça a sábado, das 7h às 17h.
* Mercado de Cajazeiras: segunda a sábado, das 10h às 16h; fecha aos domingos.
* Mercado Modelo: segunda a sábado, das 10h às 16h; fecha aos domingos.
* Mercado Jardim Cruzeiro: terça e quarta, das 7h às 15h; de quinta a sábado, das 7h às 17h; segundas, domingos e feriados, das 7h às 12h.
* Os mercados de Itapuã e da Liberdade permanecem fechados.

Flexibilização de outras atividades

As concessionárias de veículos estão liberadas para a realização de test drive. Já os cursos livres poderão ampliar o horário de funcionamento até as 22h (antes o limite era 19h). Deve ser disponibilizado álcool em gel 70% em todos os veículos. Além disso, volante, câmbio, freio de mão, maçaneta, espelhos retrovisores, cintos de segurança, tablets e todos os outros pontos de contato nos carros precisarão ser higienizados antes e após cada aula prática. Será obrigatório o uso de máscara dentro do automóvel.

A Arena Aquática de Salvador retomou as atividades presenciais desde 09 de setembro. Seguindo o protocolo de segurança para conter a disseminação da Covid-19, o espaço funcionará de segunda a sábado, das 6h às 18h, com 50 minutos de atividades por turma. São, no total, seis turmas, sendo três em cada turno.

As aulas na Arena são realizadas coletivamente, com o limite de até 15 atletas e distanciamento de dois metros entre cada um deles. Além disso, como medida preventiva, todos devem utilizar máscara enquanto não estiverem na água. O espaço também disponibilizará álcool em gel a 70% para os alunos e professores, bem como higienização e limpeza constantes de ambientes e superfícies.

Entenda o Plano de retomada de Salvador

O prefeito ACM Neto anunciou desde 29 de agosto, em coletiva virtual, o início parcial da fase três da retomada das atividades em Salvador, liberando a reabertura dos clubes sociais para práticas esportivas. Parques de diversões e temáticos, teatros, cinemas, casas de espetáculo, centros de eventos e de convenções reabriram também nesta fase. O município e o governo do Estado continuam avaliando com cautela a evolução da pandemia na capital.

As fases 1 e 2 de flexibilização do isolamento social aconteceram entre julho e o começo de agosto.

O plano gradual de retomada das atividades econômicas de Salvador é dividido em três fases, baseadas fundamentalmente na taxa de ocupação das unidades de tratamento intensivo (UTIs):

Fase 1 – Menor que 75% – Shoppings, centros comerciais e semelhantes; comércio de rua acima de 200 m²; templos religiosos e drive-in;

Fase 2 – Menor que 70% – Academias de ginástica e similares; barbearias, salões de beleza e similares; centros culturais, museus e galerias de arte; lanchonetes, bares e restaurantes; Etapa 2 das Atividades da Fase 1

Fase 3 – Menor que 60% – Parques de diversões e parques temáticos; teatros, cinemas e demais casas de espetáculos; clubes sociais, recreativos e esportivos; centro de eventos e convenções.



Experiências em Salvador

Agenda

23
out
24
out
26
out
27
out
28
out
29
out
30
out
Ver mais em Agenda