Malê Debalê

Salvar nos favoritos

O Bloco Afro que nasceu em Itapuã, bairro mais musical da cidade.

Eternizado nos versos de Vinícius de Moraes, Itapuã tem “a presença” do artista até hoje. O bairro mais musical de Salvador também é sede do Bloco Afro Malê Debalê. Entidade do movimento negro que resiste a mais de três décadas no cenário musical baiano, o Bloco Afro Malê Debalê marcou os anos 80 e 90 pela afirmação da luta contra o racismo e pela ocupação de espaços pelo povo negro. O Malê se consagra através de canções, danças e fantasias que levam para os circuitos do Carnaval de Salvador questionamentos e reflexões sobre a história e vida de seu povo.

Uma das maravilhosas mulheres guerreiras do Malê Debalê, na Festa de Itapuã em 2017. Foto: Fábio Marconi

O Malê Debalê nasceu de jovens moradores de Itapuã, em consonância com outros que residiam em outros bairros como o Garcia e o Tororó. De fora, os jovens traziam a vivência de outras entidades culturais negras como o Melô do Banzo, Apaches do Tororó, Ilê Aiyê, Badauê e Diplomatas de Amaralina.

Tais vivências, portanto, foram se moldando ao jeito ”itapuãzeiro” de ser, construindo assim o necessário para a criação de uma entidade que além de carnavalesca, promotora de valores e significativa para a cultura negra, também fosse um espaço de afirmação positiva da história, do bairro de Itapuã, da Lagoa do Abaeté e de seus arredores. A partir daí, criou-se o nome da entidade.

Malê Debalê. Salvador Bahia Foto: assessoria.

O nome “Malê” é em homenagem aos negros muçulmanos que, em 1835, realizaram um importante feito na história do Brasil, intitulado de Revolta dos Malês. Já o nome “Debalê”, criado pelos fundadores do bloco, traduz, de acordo com o fundador Josélio de Araújo, uma conotação de “positividade”, felicidade, ou qualquer tradução de caráter afirmativo.

O Bloco tem uma agenda extensa durante todo o ano, especialmente no verão. Todos os anos, promove o Festival de Música Malê e o Concurso Negro e Negra do Malê. Ambos os eventos fizeram em 2018 sua quadragésima edição. O bloco também integra as crianças com o Concurso Negro e Negra do Malezinho. Todos eles na própria sede. Já os ensaios do Malê têm algumas edições no Pelourinho. Além disso, eles participam da Lavagem de Itapuã que acontece na quinta-feira antes do carnaval. Tradição há mais de um século, a Lavagem agrega fé e desfile de blocos de chão.

Serviço

Parque Metropolitano do Abaeté, s/n, Abaeté ‒ Itapuã ‒ Salvador ‒ Bahia- Brasil CEP.: 41610-510 Tel.: 71 ‒ 3285-1771 Email: male.debale@hotmail.com

Malê Debalê. Salvador Bahia Foto: assessoria.

1
2
3
4
5
6
7
7
Seu bolso

Outras experiências

Agenda

04
ago
05
ago
06
ago
07
ago
08
ago
10
ago
11
ago
Ver mais em Agenda