Igreja Nosso Senhor do Bonfim

Salvar nos favoritos

Devoção e sincretismo religioso

Basílica Santuário do Senhor do Bonfim: Herança Portuguesa, fé baiana

A magnitude da Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. Foto: Fábio Marconi

Este é um daqueles roteiros top 1 da cidade: TEM QUE IR!!! Ou você vai ficar sem sua foto no famoso gradil coberto pelas coloridas fitinhas do Bonfim? Brincadeiras à parte, este é um dos pontos que o baiano mais tem carinho e que, até nós, voltamos com frequência por lá. É uma das mais tradicionais igrejas católicas da cidade, dedicada ao Senhor do Bonfim, padroeiro dos baianos e símbolo do sincretismo religioso da Bahia. A devoção ao Nosso Senhor do Bonfim é herança portuguesa, reforçada pelas promessas feitas por Dom João V diante da imagem do Senhor do Bonfim, pelo restabelecimento da saúde de seu pai, o rei Dom Pedro II.

Você sabia que as icônicas fitinhas coloridas do Senhor do Bonfim, antigamente, eram chamadas de “medidas”? Isso porque tinham exatamente 47 centímetros, a medida do braço direito da estátua do Senhor do Bonfim! A festa religiosa e “profana” mais importante da Bahia, a “Lavagem do Bonfim” acontece, todos os anos, na segunda quinta-feira do mês de janeiro. A Lavagem da Igreja iniciou-se (em 1773) quando os escravos foram obrigados a lavar a igreja como parte dos preparativos para a festa do Senhor do Bonfim. Com o tempo, os adeptos do candomblé passaram a identificar o Senhor do Bonfim com Oxalá, detentor do poder procriador masculino e a Arquidiocese de Salvador proibiu a lavagem na parte interna do templo.

10 histórias e curiosidades sobre as fitinhas do Bonfim

Hoje, a festa começa com um lindo cortejo de baianas (do candomblé) que caminham desde a Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia até o Alto do Bonfim. Ao som de toques e cânticos africanos, despejam água perfumada nos degraus e no adro, enquanto as portas da Igreja permanecem fechadas. Não tem como não se contagiar por essa atmosfera devocional. Tombada como patrimônio da Humanidade desde 1998.

Igreja do Bonfim. Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

O segundo piso da Igreja do Bonfim guarda uma bela surpresa. Um museu com ótima disposição dos artefatos reúne quadros, indumentária dos padres, móveis e uma grande diversidade de Ex-Votos – presentes dados pelos fiéis ao seu santo de devoção em agradecimento, consagração ou renovação de uma promessa. Existem desde os feitos em madeira esculpida até os de prata ou de ouro, no formato da parte do corpo que recebeu a cura conforme o pedido. Mas também tem objetos curiosos que os devotos deram para a Igreja por atribuírem a um milagre, como o caso da moeda amassada por uma bala de revólver que resvalou no metal e salvou a vida de uma pessoa que a tinha no bolso na hora do atentado.

Além de incontáveis objetos e suas curiosas histórias, você ainda pode olhar a igreja por uma outra perspectiva lá do alto. As sacadas internas dão acesso visual a toda a extensão da igreja, da porta ao altar e ainda dá para ver bem de pertinho o órgão original de fabricação francesa que foi doado à Igreja em 1854 por Feliciana Maria de Britto Lopes Alves. O instrumento, restaurado pelo organeiro Daniel Rigatto, é composto por flautas, metais e tubos e tem 4,3 metros de altura por 2,24 metros de largura, possui 290 tubos e é uma das poucas na Bahia com este modelo.

Completando o passeio, o que você acha de subir a torre e ver tudo lá de cima? Há poucos anos o acesso foi liberado, dando para avistar a orla da Ribeira de um lado e do outro todos os bairros da Cidade Baixa até a Avenida Contorno e os prédios que ficam no Corredor da Vitória. Os grandes janelões dão ampla visibilidade também para o Largo do Bonfim, que está novinho em folha, todo lindo e requalificado.

Serviço

 Igreja Nosso Senhor do Bonfim – Basílica Santuário do Senhor do Bonfim.
Local: Largo do Bonfim, s/n, Bonfim, Salvador-BA.
Contato: (71) 3316-2196.
Importante: enquanto durar a pandemia do novo coronavírus, nossa sugestão é ligar antes de fazer a visita.
Horários de funcionamento: segunda, das 8h30 às 18h30.
Terça, quinta e sábado, das 6h30 às 18h30.
Sexta e domingo, das 5h30 às 18h30.
Na última e primeira sexta-feira de cada mês, das 5h30 às 19h30.

Missas:

Cada Igreja está com um funcionamento especial durante a pandemia, assim como as missas estão com quantidade de pessoas reduzida (algumas você tem que ligar e marcar antes).
A melhor opção é  ligar para a Secretaria das Pastorais de Salvador, falar com Dona Lúcia (71) 4009-6605 e confirme as possibilidades:
Domingo: 6h, 7h30, 9h, 11h, 15h e 17h
Segunda-feira: 9h e 17h
Terça a quinta-feira: 7h, 8h, 10h30 e 17h
Sexta-feira: 6h, 7h, 8h, 9h, 11h, 15h*, 17h e 18h30* (*apenas na primeira e na última sexta-feira de cada mês).
Sábado: 7h, 8h, 10h30 e 17h
Mais detalhes neste link.

Preparamos uma lista com músicas perfeitas para esta experiência. Corre lá no Spotify ou no Deezer e ouça agora!

Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. Foto: Fábio Marconi

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
65
Seu bolso
Localização
Igreja Nosso Senhor do Bonfim - Largo do Bonfim - Bonfim, Salvador - BA, Brasil

Outras experiências

Agenda

20
abr
21
abr
22
abr
23
abr
24
abr
26
abr
27
abr
Ver mais em Agenda