05 Equipamentos Culturais de Salvador

Salvar nos favoritos

Tudo que você queria saber sobre os espaços mais imersivos da cidade

Para os moradores e visitantes que querem conhecer a cidade a fundo, preparamos um especial com os 05 equipamentos culturais de Salvador. Neles, você vai passear por lugares modernos, de excelente curadoria, alta tecnologia, possibilitando uma imersão nesta terra plural e multifacetada.

Cidade da Música da Bahia

Cidade da Música da Bahia. Comércio Salvador Bahia. Foto Betto Jr. Secom.

Cidade da Música da Bahia faz um verdadeiro resgate histórico e cultural da música produzida no estado. Todo o acervo do museu é 100% audiovisual e o espaço oferece serviço de wi-fi gratuito. Possui 1.914,76 m² de área construída e quatro pavimentos, conta com 750h de conteúdo e fica localizado em um casarão histórico, construído em 1851, no bairro do Comércio.

Cidade da Música da Bahia. Comércio Salvador Bahia. Foto Betto Jr. Secom.

O museu dispõe de informações sobre a história da música e dos artistas baianos. Para consumir o conteúdo, basta estar com o celular em mãos, ler o QR Code e seguir as instruções. Também fazem parte da lista de atrações os entretenimentos educativos, como os três estúdios de gravação de clipes karaokê, onde o visitante escolhe um fundo gráfico e, ao final, tem seu clipe pronto para postar em redes sociais; sala do “Rap e Trap”, no qual o visitante pode recitar seu rap ou poesia; quiz Game (perguntas e respostas sobre a música baiana, baseadas na exposição) e muito mais.

Cidade da Música da Bahia. Comércio Salvador Bahia. Foto Betto Jr. Secom.

O museu ainda tem sala especial de demonstração de um set de percussão, onde as pessoas sentam em volta da mesa central. Um monitor do espaço cultural faz uma aula show com a participação final de todos os visitantes. Essa mesma sala está desenhada para ser um estúdio de gravação.

Serviço

Cidade da Música da Bahia
Instagram: @cidadedamusicadabahia
Endereço: Praça Visconde de Cayru, 19 – Comércio, Salvador – BA, 40015-170
Localização: o emblemático Casarão de Azulejos Azuis está próximo ao Elevador Lacerda e ao lado do Mercado Modelo, na Praça Cairu, Centro Histórico de Salvador.
Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h (entrada até 17h).
Valor do ingresso: R$20 (inteira) e R$10 (meia) – o benefício da meia entrada é extensivo a cidadãos residentes em Salvador, mediante comprovação de endereço.
Saiba mais neste link.

Casa do Carnaval Bahia

Casa do Carnaval – fachada. Foto: Fábio Marconi

Com capricho e o uso da tecnologia e da interatividade, a Casa do Carnaval conta a história da folia em uma viagem visual e sensorial, com diversos recortes temáticos da festa que está no âmago da cultura popular, das transformações sociais e da formação da identidade baiana. Esta é a casa da festa mais amada e esperada do mundo! Lá é carnaval o ano inteiro.

Casa do Carnaval – coleções. Foto: Fábio Marconi

O primeiro museu do Carnaval tem quatro pavimentos: o térreo, o primeiro andar, o terraço e o subsolo. Possui maquetes, roupas e instrumentos emprestados por artistas da festa, fotos e documentos históricos e dois cinemas onde os visitantes poderão aprender ritmos da festa, caracterizados, e com a ajuda de monitores. Várias projeções em vídeo também fazem parte do acervo (cada visitante faz sua “viagem” pela casa de forma particular, com o uso de fones de ouvido).

Casa do Carnaval – terraço reverencia as antigas festas de largo. Foto: Fábio Marconi

Na cobertura, os visitantes podem, ainda, desfrutar de uma área com uma bela vista para a Baía de Todos-os-Santos e boa parte da Cidade Baixa, desde o Comércio até a Ponta de Humaitá.

Serviço

Casa do Carnaval da Bahia
Instagram: @casadocarnavaldabahia
Funcionamento: terças a domingos, das 10h às 18h (entrada até as 17h)
Localização: funciona no Centro Histórico, ao lado da Catedral Basílica de São Salvador, entre o Terreiro de Jesus e a Praça da Sé, colada ao Plano Inclinado Gonçalves.
Endereço: Praça Ramos de Queirós, s/n – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-055.
Valor do ingresso: R$20 (inteira) e R$10 (meia) – meia entrada é extensivo a cidadãos residentes em Salvador, mediante comprovação de endereço.
Mais informações neste link.

Casa do Rio Vermelho – Memorial Jorge Amado e Zélia Gattai

Casa do Rio Vermelho. Foto: Fábio Marconi

“A Casa do Rio Vermelho”, última residência onde viveram os escritores Jorge Amado e sua companheira Zélia Gattai, é um memorial riquíssimo sobre a vida e a obra desse admirável casal, que levou a literatura da Bahia para o mundo. Os ambientes mantêm as características originais do imóvel e cada sala possui projeções com diferentes assuntos sobre a vida dos artistas. O memorial oferece aos visitantes mais de 30 horas de vídeos, projeções e áudios sobre a vida e obra do casal. A casa já é uma referência turística, realizando os desejos do escritor de que se transformasse num centro vivo e atuante.

Memorial Casa do Rio Vermelho. Residência de Jorge Amado e Zélia Gattai. Foto: Fábio Marconi

O rico acervo guarda ainda documentos importantes, como cartas trocadas com personalidades nacionais e internacionais, que podem ser lidas e apreciadas pelos visitantes. Para tornar mais didática a experiência de mergulhar na intimidade desses dois grandes nomes da literatura, a casa foi dividida em diversos espaços. A visitação é acompanhada por guias capacitados, que se dividem pelos cômodos da casa, orientando e passando informações aos visitantes.

Serviço

Memorial A Casa do Rio Vermelho
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h.
Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia). Moradores da cidade de Salvador têm direito à meia entrada, basta levar o comprovante de residência. Quarta-feira a entrada é gratuita para todos.
Contato: (71) 3104-4659.
Mais informações neste link.

Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana – Forte Santa Maria

Espaço Pierre Verger. Foto: Fábio Marconi.

Em um único lugar, é possível viajar por todo o estado da Bahia e por cada canto de Salvador. Como? Em fotografias de tirar o fôlego, grandes profissionais mostram uma Bahia por diferentes olhares, ressaltando a diversidade cultural dessa terra maravilhosa. Isso aliado a projeções, salinha-cinema, mapa interativo e realidade virtual, possibilitando ao visitante criar a sua própria exposição, dentre as mais de 5.000 fotografias apresentadas.

Espaço Pierre Verger. Foto: Fábio Marconi.

Este é o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana, projeto dedicado à valorização, reconhecimento e divulgação da fotografia baiana, destacando o trabalho do etnólogo e fotógrafo franco-baiano Pierre Verger e de mais 100 fotógrafos que tenham nascido ou fixado residência, ainda que temporária, na Bahia.

Serviço

Espaço Pierre Verger – Museu da Fotografia da Bahia
Funcionamento: de quarta a segunda, das 11h às 19h.
Ingresso: entrada: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia).
Local: Forte de Santa Maria, Porto da Barra, Salvador.
Importante: entrada válida também para visita ao Espaço Carybé de Artes (Forte de São Diogo).
Meia-entrada para estudantes e pessoas a partir de 60 anos. Escolas públicas têm gratuidade em visitas previamente agendadas. Todas as quartas-feiras, as visitas são gratuitas para todos.
Mais informações neste link.

Espaço Carybé de Artes – Forte São Diogo

Espaço Carybé. Foto: Fábio Marconi.

O cimento, os relevos, a textura e as cores de Hector Julio Páride Bernabó, o Carybé, estão representados em um dos lugares mais charmosos da cidade: o Porto da Barra. As obras não estão nas paredes, mas o universo virtual criado para a experiência faz uma imersão nas gravuras, desenhos, ilustrações, cerâmicas, esculturas e murais de uma maneira ultra interativa.

Espaço Carybé. Foto: Fábio Marconi.

O Espaço Carybé das Artes é um centro tecnológico de referência da vida e obra do artista, demonstrando, através de recursos de mídia digital e realidade virtual, a grandeza artística deste homem e sua importância dentro das mais diversas técnicas e linguagens utilizadas. Estão acessíveis mais de 500 obras, entre elas, projeções na fachada do Forte, que criam uma realidade fantástica.

Serviço

Espaço Carybé das Artes
Funcionamento: de quarta a segunda, das 11h às 19h.
Ingresso: entrada: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia)
Local: Forte de São Diogo, Porto da Barra, Salvador.
Importante: entrada válida também para visita ao Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana (Forte Santa Maria).
Meia-entrada para estudantes e pessoas a partir de 60 anos. Escolas púbicas têm gratuidade em visitas previamente agendadas. Todas as quartas-feiras, as visitas são gratuitas para todos.
Mais informações neste link.

Importante!

Desde o dia 11 de janeiro, quem visitar os equipamentos culturais administrados pela Prefeitura de Salvador terá que apresentar comprovante de vacinação para entrar nos espaços.

A medida vale para a Cidade da Música da Bahia, Casa do Carnaval da Bahia, Casa do Rio Vermelho e os Espaços Pierre Verger da Fotografia e o Carybé de Artes. Em todos os espaços, é obrigatório o uso de máscara de proteção individual. Saiba mais neste link.



Experiências em Salvador

Agenda

26
maio
27
maio
28
maio
29
maio
30
maio
31
maio
01
jun
02
jun