Boca de Galinha

Salvar nos favoritos

Foi em uma barraca de madeira na beira da praia, onde encostavam as redes no bairro de Plataforma, que Nilton Pereira de Souza, proprietário do restaurante Boca de Galinha, começou o negócio com a filha caçula, Érica. Se mudaram para o endereço onde o restaurante é localizado hoje, foram ampliando aos poucos e, nessa estrada, tornaram-se um dos estabelecimentos mais queridos da cidade de Salvador. Já são 29 anos servindo uma comida deliciosa, de frente para a Baía de Todos os Santos. O nome vem de um apelido de infância. Nilton conta que até tentou usar o próprio nome na placa: “Os clientes não deixaram, tiraram todas as letrinhas da placa. Só aceitaram Boca de Galinha”.

Restaurante Boca de Galinha. Plataforma, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Lá é servido o que há de melhor na gastronomia da Bahia. O cardápio é chamado “cadernato”, não é fixo, todos os dias eles fazem um novo, à mão: “Todo dia que a gente recebe mercadoria, vamos riscando”. Assim eles garantem comida fresca sempre. O carro chefe são as moquecas, podendo ter oito tipos por dia como Mariscada, Camarão com lagosta, Camarão, Beijupirá, Dourado, Vermelho, Caçonete e Arraia. Os acompanhamentos são arroz, feijão e pirão e a moqueca costuma estar sempre excepcional. Sexta e sábado são o pirão, feijão fradinho cozido com quiabo e arroz. Todo domingo tem caruru e vatapá.

Restaurante Boca de Galinha. Plataforma, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

O local é simples, tem aquele ar informal de boteco. Se você chegar cedo, vai pegar as cozinheiras preparando os pratos aos olhos dos clientes, sentadas próximas à cozinha. Parece cena de novela! A qualidade da sua gastronomia é extraordinária. As roskas também são muito bem feitas, com frutas típicas (Nilton faz questão de dizer que não são de polpa não). No “cadernato”, antes de pedir uma das moquecas, dê o devido valor às entradas. Tem agulha frita, lambreta, camarão ao alho e óleo, entre outras opções. Outra dica é pegar uma mesa perto da janela que tem vista privilegiada da Baia de Todos os Santos.

Restaurante Boca de Galinha. Plataforma, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

O Boca de Galinha é situado no Bairro de Plataforma, no subúrbio de Salvador. Tem uma clientela diversa, vai tanto o pessoal “da terra”, quanto pessoas de outras partes da cidade, até quem é de fora e de outros países. Lá você chega de trem às sextas e sábados, domingo pode ir de ônibus, de lanchinha ou carro particular. A lanchinha e o trem param praticamente ao lado do restaurante, são cinco minutos andando.

Serviço

Boca de Galinha
Endereço: R. Almeida Brandão, 58A – Plataforma, Salvador – BA, 40710-500
Horário de Funcionamento: sexta e sábado de 11h30 às 18h. Domingo, das 11h30 às 17h.
Importante: pagamento apenas em dinheiro, não aceitam cartão de crédito e débito.
Telefone: (71) 3398-1232

Travessia Ribeira-Plataforma de barco
Leva de 5 a 8 minutos – travessia de aproximadamente um quilômetro.
Funciona todos os dias, das 6h às 19h. Domingo, das 7h às 19h. Tem barco de meia em meia hora.
A tarifa: R$ 2,10 (inteira).
Para ir para o restaurante, o barco sai do píer em frente à Sorveteria da Ribeira (R. da Penha, 87 – Ribeira, Salvador – BA, 40421-110).

Restaurante Boca de Galinha. Plataforma, Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
18
Seu bolso
Localização
R. Almeida Brandão, 58A - Plataforma, Salvador - BA, 40710-500

Outras experiências

Agenda

04
ago
05
ago
06
ago
07
ago
08
ago
10
ago
11
ago
Ver mais em Agenda