Retratos de Salvador

Salvar nos favoritos

Projeto Retratos de Salvador em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra

Retratos de Salvador. Por Edgar Azevedo.

Com estilo emocional, o fotógrafo baiano Edgar Azevedo usa o seu olhar para construir uma representação nova e positiva da pele negra. Ele é um dos personagens do projeto Retratos de Salvador em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro. Edgar conta sua história na Casa do Benin, um museu que reforça a ligação entre Salvador e as raízes africanas. O local também realiza exposições de artistas baianos que se inspiram nesse continente. Nessa série, dois fotógrafos falam sobre processo criativo, construções narrativas e como Salvador inspira suas artes.

“E quanto mais eu falo e quanto mais eu fotografo, mais eu me redescubro e mais eu me descolonizo, mais construo novas narrativas positivas”, explica Edgar Azevedo.

Casa do Benin

“Eu falo sobre as pessoas, sobre a fé, sobre a cultura, sobre tudo que envolve a cidade de Salvador. Por que a gente bebe diretamente na fonte da ancestralidade.”, conta Amanda Tropicana.

Retratos de Salvador. Por Amanda Tropicana.

Amanda Tropicana usa a fotografia para contar histórias de Salvador, do seu povo e da sua cultura, nos fazendo apreciar a poesia do cotidiano. Carioca radicada em Salvador há mais de 20 anos, Amanda faz parte deste projeto Retratos de Salvador em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra que tem o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana como cenário. O museu abriga um grande acervo de fotógrafos nascidos ou radicados na Bahia, inclusive ela é um dos nomes desta lista renomada. Ver nossos fotógrafos falando sobre ancestralidade, representatividade negra e como Salvador influencia seus trabalhos foi emocionante.

Museu da Fotografia da Bahia

O corpo negro como centro de sua poética visual

Retratos de Salvador. Por Edgar Azevedo.

Edgar Azevedo e Amanda Oliveira têm muitas coisas em comum. Uma delas é que, em seus trabalhos fotográficos, trazem a pessoa negra como protagonista em suas imagens, principalmente em situações cotidianas. Trazem à tona o brilho interno do ser humano fotografado, mostrando como é belo o mais simples sorriso.

Edgar Azevedo é de Salvador e fotografa desde os 12 anos de idade. Além de fotógrafo, ele é ativista visual e tem seu trabalho focado na emoção humana, tentando mostrar quem são as pessoas negras através do olhar de um homem negro. Seu principal foco é mostrar o olhar do negro sobre o próprio negro, de uma forma mais real e não de uma perspectiva sociológica branca.

“Entender que aqui é um celeiro cultural gigantesco, faz você perceber o quanto Salvador é mágica e inspiradora. Salvador contagia“, diz Edgar Azevedo.

Retratos de Salvador. Por Amanda Tropicana.

Amanda Tropicana é carioca, mas mora em Salvador desde os nove anos de idade. Foi se descobrindo fotógrafa “aos poucos”, como ela mesma diz. Iniciou sua jornada com a fotografia em 2005. De lá para cá, ela participou de 25 exposições, dentre elas: “The Fifth Annual Exposure Photography Award”, no Museu do Louvre, Paris. Tem como norte em seu trabalho a cultura e a religião afro-brasileira na Bahia. Seu principal foco é relacionar essas duas vertentes com as comunidades litorais do estado baiano, como em uma das suas pesquisas autorais sobre os festejos populares para a orixá Yemanjá, divindade africana conhecida como rainha do mar.

“Eu acredito na importância de outros negros continuarem falando sobre a sua própria história”, enfatiza Amanda.

Uma playlist em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra. Dê o play e escute os Retratos da cidade



Experiências em Salvador

Agenda

29
set
30
set
01
out
02
out
03
out
05
out
06
out
Ver mais em Agenda