Di Janela Boteco Gourmet

Salvar nos favoritos

Comidas saborosas, mesas na rua com aquele astral de que a casa é sua, é de todos

Próximo ao famoso Pelourinho, o bairro da Saúde ainda conserva marcas históricas remanescentes do período colonial. As ruas são calçadas de pedras, casarões seculares e moradores que vivem um dia a dia tranquilo. Foi em uma dessas casas antigas, grande, de esquina e cheia de janelas que nasceu o “Di Janela Boteco Gourmet”. O que antes era apenas uma moradia que sempre recebeu amigos, amigos dos amigos, conhecidos, novos casais, famílias, etc, hoje também é conhecido por seus petiscos diferentes servidos nas mesas da rua.

A casa da família do casal Nara Amaral e Luciano Chastinet sempre foi o destino para os encontros regados a boa comida, bebida e muita música. Segundo Nara e Luciano, ao chegar, as pessoas nem pensavam duas vezes. Ao invés de fazer a volta na esquina toda, pulavam a janela, para poder entrar mais rápido. Era gente pulando a janela para pegar bebida, para pegar comida, para ir ao banheiro, cadeiras eram colocadas à frente da janela e, nessa época, Nara já gritava: “Aqui é boteco de janela é?”. Acontece que o nome pegou e ficou e, segundo os donos, a brincadeira do “Di” é para ficar chique.

“Quando [o boteco] abriu era para receber os mesmos amigos, só para curtir. Só que terminou que a comida ganhou fama, aí mudou o perfil do lugar para restaurante”, conta Nara.

E foi assim que no dia 13 de junho de 2013 (coincidentemente Dia de Santo Antônio), eles começaram a receber pessoas de todos os lugares, curiosas para provar os petiscos ou que quisessem mesmo conhecer essa história. Os proprietários fizeram uma porta à frente da famosa janela, mas isso não mudou a essência da ideia de que eles estão de braços abertos para receber todos.

Sete meses depois de terem aberto o restaurante, os proprietários foram chamados para participar do “Comida di Buteco”, o que mudou a história do lugar, já que a ideia inicial era que fosse bem informal, com mais bebida do que comida, e terminou que o cardápio agradou muito. Foi por isso também que o nome mudou de “Boteco Di Janela” para “Di Janela Boteco Gourmet “, para as pessoas entenderem que, apesar da palavra boteco, o foco principal é a comida. Em 2015, ganharam o prêmio Panela de Barro, o que tornou a casa mais conhecida.

Restaurante Di Janela. Foto: Amanda Oliveira.

Os nomes dos pratos têm sempre uma história atrelada a algum amigo ou cliente. Alguns por sempre pedirem o mesmo prato, outros por terem compartilhado receitas. Esse último caso foi o que aconteceu com o artista plástico Bel Borba. O proprietário, Luciano Chastinet, convidou o artista um dia para conhecer o restaurante e, de lá para cá, além de ser cliente e ter um prato com o seu nome no cardápio, Bel Borba ainda deixou um belo presente no local: um mural numa parede inteira. A escultura foi feita com uma serra elétrica que corta o concreto, sem um desenho prévio. “Ele rasgou a parede fazendo desenhos e foi ao vivo em loco, com cliente almoçando”, relembra Nara.

Serviço

Endereço: Rua da Glória, 09. Bairro da Saúde, Salvador, Bahia.
Horário de Funcionamento: quinta e sexta, das 11h30 às 15h e das 18h às 23h. Sábado, das 12h às 21h. Domingo, das 12h às 17h.
Telefone: (71) 99237-7717

Legendas:

n°1 – Nossa dica é a Chapa de Frutos do Mar.
nº2 – Prepare-se para a sua mais nova “bebida predileta”: roska com picolé de fruta.
nº3 – Mural assinado pelo artista plástico baiano Bel Borba.

Preparamos uma lista com músicas perfeitas para esta experiência. Ouça agora!

nº3 - Mural assinado pelo artista plástico baiano Bel Borba. Restaurante Di Janela. Foto: Amanda Oliveira.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
16
Seu bolso
Localização
R. da Glória, 09 - Saúde, Salvador - BA, 40045-140

Outras experiências

Ver Agenda completa
03dez
04dez
05dez
06dez
07dez
08dez
09dez
10dez

Nosso blog

Blog
Natal Salvador 2022. Praça do Campo Grande. Lucas Moura Secom.

Natal Salvador 2022. Praça do Campo Grande. Lucas Moura Secom.

Farol da Barra. Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Farol da Barra. Salvador, Bahia. Foto: Amanda Oliveira.

Velho Espanha, um bar metalinguístico: Localizado no Centro, falando do Centro. Fotos: Amanda Nascto /Assessoria.

Velho Espanha, um bar metalinguístico: Localizado no Centro, falando do Centro. Fotos: Amanda Nascto /Assessoria.

Centro de Convenções de Salvador. Bahia. Foto divulgação.

Centro de Convenções de Salvador. Bahia. Foto divulgação.