#FICAEMCASA – Acervo do MAFRO – Museu Afro-Brasileiro

Salvar nos favoritos

Sobre o evento

Mais de mil peças

Serviço

#FICAEMCASA – Acervo do MAFRO – Museu Afro-Brasileiro
Local: Pelo site mafro.ceao.ufba.br 
Data: Todos os dias
Horário: Qualquer horário
Preço: Gratuito

Com mais de mil peças de cultura material africana e afro-brasileira, o Mafro – Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia contribui ativamente para a divulgação e preservação dessas matrizes culturais. Além da sede em Salvador, o museu conta com um acervo digital, que possui fotos e informações dos itens expostos na sede, localizada no Largo Terreiro de Jesus, no Pelourinho, em Salvador.

Esse acervo, aliás, é uma ótima opção para quem quer saber mais sobre as culturas africanas e a sua presença na formação da cultura brasileira no período de quarentena, no qual os estabelecimentos da capital baiana estão fechados por conta da pandemia do novo coronavírus. 

Entre os materiais disponíveis no site do Mafro estão a Coleção Afro-Brasileira, com elementos da religiosidade, artes plásticas, blocos afro, capoeira e mais; e a Coleção Africana, com instrumentos musicais, itens de tecelagem, máscaras, esculturas e cerâmica.

Também é possível passear pelas exposições de longa duração Painéis de Carybé, com 27 talhas monumentais do artista plástico representando os orixás do candomblé da Bahia; Artes do Crer, com parte do acervo de Cultura Material Religiosa Afro-Brasileira do Museu, que valoriza a memória do acervo e sua importância como documento da arte sacra de origem e inspiração africana produzida na Bahia; e a mostra Máfricas: As Áfricas do Mafro, que propõe um olhar descolonizador sobre África com peças oriundas do Museu Real de Tervuren.

O Mafro é um dos poucos no país a tratar exclusivamente das culturas africanas e a sua importância na cultura brasileira. Através de elementos materiais, representativos dessas culturas, o museu apresenta conteúdos que facilitam a compreensão dos aspectos históricos, artísticos e etnográficos que identificam as sociedades africanas e permitem uma reflexão sobre a importância dessa matriz para o desenvolvimento da sociedade brasileira. 

A sede do museu, que foi primeiro organizado por Pierre Verger, está instalada no edifício da primeira escola de Medicina do Brasil, que hoje é propriedade da Universidade Federal da Bahia. Durante a pandemia, as visitas presenciais estão suspensas.

 

“Salvador é apaixonante. Cidade da música, da gastronomia, da cultura. Saiba tudo sobre esta cidade neste link. Misture-se!”

 


Preço
Gratuito

Local
mafro.ceao.ufba.br 

Data e horário
De 01/06/2020 até 30/06/2020 - Dom, Seg, Ter, Qua, Qui, Sex, Sab

Experiências em Salvador